PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atleta morre em prova de maratona aquática em Salvador

Empresário morreu em prova de maratona aquática - Reprodução/Facebook
Empresário morreu em prova de maratona aquática Imagem: Reprodução/Facebook

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

17/02/2019 15h49

O empresário Walter José Stamford Júnior morreu durante uma prova de natação, em Salvador-BA, neste domingo. Ele disputava a primeira etapa do Campeonato Baiano de maratonas aquáticas na praia do Museu de Arte Moderna (MAM).

As causas da morte ainda não foram divulgadas, mas o presidente da Federação Baiana de Desportos Aquáticos, Diego Albuquerque, afirma que tudo indica que o atleta teve um mal súbito durante a prova.

"O que foi falado pela equipe médica é que ele deve ter sofrido algum mal súbito e perdeu a consciência. A orientação da prova é que os atletas levantem os braços como sinal de socorro quando têm algum tipo de problema, mas ele não fez isso. Tem vários barcos de socorro na travessia".

Segundo ele, Walter passou mal quando estava no fim da primeira volta da travessia que tinha 3 km no total. Diego afirma que o resgate foi muito rápido e que a prova tem ampla estrutura de resgate.

"O Salvamar chegou muito rápido. Na prancha de salvamento, fizeram as primeiras manobras de reanimação. Logo depois, colocaram no barco, continuaram as manobras na areia. Ele foi para a ambulância UTI, a federação tinha contratado uma ambulância UTI. Chegaram as ambulâncias dos bombeiros e do Samu de UTI avançada. O tempo todo fizeram trabalhos para ressuscitar com a corporação responsável por salvamentos aquáticos. Por 1h tentaram reanima-lo, mas não deu nenhum sinal de recuperação. Infelizmente, veio a óbito".

"É a primeira vez que acontece isso na federação que tem 60 anos e é referência no Brasil. Infelizmente, é um dia triste para todos nós. Ele era um atleta muito querido", lamentou ele.

O atleta tinha 51 anos e era experiente neste tipo de competição. Ele já havia sido campeão da categoria entre 50 e 54 anos e tinha disputado algumas provas do Campeonato Brasileiro. Em dezembro do ano passado, Walter fez a travessia da Baía de Todos os Santos, que tem percurso de 12 km e é considerada a mais importante de Salvador.

A Federação Bahiana de Desportos Aquáticos (FBDA) divulgou uma nota oficial lamentando o episódio.

"É com pesar que a Federação Bahiana de Desportos Aquáticos (FBDA) informa que o atleta Walter Stamford Jr, 51, faleceu durante a realização da prova Principal na primeira etapa do Campeonato Baiano de Maratonas Aquáticas, neste domingo (17), na praia do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), em Salvador. Ao que tudo indica, ele teve um mal súbito, mas não podemos confirmar. Antes, recebeu os primeiros atendimentos pela equipe do Salvamar, que agiu rapidamente, com massagem cardíaca de ressuscitação. Em seguida, foi levado a uma ambulância de UTI avançada da Federação. Depois, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros também prestaram socorro, mas o atleta não resistiu. Devido à tragédia, a Federação cancelou a prova de revezamento e as premiações que haveriam ao término do torneio.

A FBDA lamenta profundamente o falecimento de Walter e deseja força aos familiares e amigos neste momento de tristeza".

Esporte