PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Pressão total! CRB e CSA fazem clássico dos mais tensos em Maceió

28/09/2018 14h40

Se naturalmente um clássico da proporção de CRB e CSA já tem elementos suficientes para se classificar como um jogo que requer atenção especial, o cenário que se monta nesse sábado (29) no estádio Rei Pelé pela situação da Série B potencializa a histórica rivalidade.

Atualmente na 18ª posição com 28 pontos ganhos, o Galo da Praia está em uma luta constante para escapar da zona do rebaixamento desde o início da competição. Passando, nesse processo, pelo comando de quatro treinadores diferentes e precisando bastante de uma vitória que dê a injeção de ânimo para a reta final.

Por sua vez, a equipe Azulina até está bem no torneio pensando em classificação com a terceira posição e 46 unidades, porém a fase recente denota maior irregularidade do que confiança. Com isso, a equipe que antes só olhava para tirar o Fortaleza da liderança agora observa com cautela os concorrentes para se manter, pelo menos, no G4 de acesso a Série A.

O nome mais falado em relação a possíveis reforços no 11 inicial do CSA é em relação a Neto Berola. Machucado desde o final de agosto, o atacante tem se recuperado bem e, treinando normalmente na semana, pode ser importante alternativa para o técnico Marcelo Cabo.

A mesma característica de dúvida tem o CRB sobre quem ocuparia a postura de centroavante caso a equipe opte por utilizar um atleta com essa característica: Neto Baiano ou Rafael Costa.

Esporte