PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sornoza pede inteligência ao Flu em sequência para engrenar nos 2 torneios

Sornoza está focado na sequência de "decisões" do Fluminense - REUTERS/Javier Calvelo
Sornoza está focado na sequência de "decisões" do Fluminense Imagem: REUTERS/Javier Calvelo

27/09/2018 13h32

Serão cinco jogos em sequência no Rio de Janeiro: Grêmio, Deportivo Cuenca (EQU), Paraná, Flamengo e Atlético-MG. A maratona em casa é vista como a chance de embalar no Campeonato Brasileiro e buscar uma vaga na Libertadores. Ciente da sequência, Sornoza pediu "inteligência" do elenco nos jogos difíceis que virão pela frente.

“O jogo que vem pela frente vai ser muito difícil. O Grêmio é um time muito qualificado. Temos que ser inteligentes para jogar esse jogo. Três pontos em casa serão muito importantes para nós. Depois temos Sul-Americana novamente e depois retomamos o Brasileirão. É uma sequência de jogos difíceis e temos que ser inteligentes para jogá-los”, declarou o equatoriano.

Outra boa notícia citada por Sornoza foram os pagamentos que tiveram uma parte paga. A diretoria acertou o valor referente ao mês de julho da CLT dos jogadores. Por outro lado, os três meses de direito de imagem seguem pendentes. A dívida total está na casa dos R$ 10 milhões. O meia tratou o assunto como uma "ajuda a todos" e elogiou o profissionalismo do elenco.

“Ajuda a todos em algumas coisas que temos pendentes. Mas em algumas partidas esquecemos isso, porque nos estava atrapalhando um pouco. Fomos profissionais, saímos muito contentes com o trabalho que estamos fazendo e esperamos seguir assim, no caminho que o professor e quer e fazendo um bom trabalho que é o mais importante”, disse.

Contra o Grêmio, o Fluminense terá pela frente um tabu de dois anos sem vencer o adversário. A resposta foi parecida com a que o elenco deu contra a Chapecoense: oportunidade para superar. Sornoza lembrou do discurso de Marcelo Oliveira antes da partida contra os catarinenses e usa isso como motivação para a próxima rodada:

“Antes da partida contra a Chapecoense o professor nos contou que nunca havíamos ganhado lá. E entramos com essa mentalidade que havíamos ido a Quito e feito um grande trabalho. Agora vamos pensar nessa partida que é importante para nós. Esperamos ganhar esses três pontos em casa”.

Esporte