PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasil conta com falha bizarra de goleiro de Mali e fica com o 3º lugar

28/10/2017 11h21

Em sua pior exibição no Mundial sub-17, o Brasil contou com um frango memorável do goleiro Koita e conquistou o terceiro lugar ao bater Mali, por 2 a 0, com gols de Alanzinho e Yuri - este último já na reta final e com a falha ter sido crucial. O duelo deste sábado serviu de preliminar para a decisão, a ser disputada entre Inglaterra e Espanha, no mesmo Estádio Vivekananda Yuba Bharati, em Calcutá (IND).

Diferente de partidas anteriores, o Brasil esteve pouco insinuante e errou muitos passes no meio de campo. Na primeira etapa, por exemplo, Mali foi o time que mais esteve perto de abrir o marcador, principalmente com tiros de fora da área. O goleiro Gabriel Brazão salvou a equipe canarinha de ir ao vestiário em desvantagem.

Na segunda etapa, a apatia do Brasil foi acentuada. Nitidamente, a ressaca pós-eliminação para os ingleses (nas semifinais, por 3 a 1) se fez presente. Entretanto, o futebol, provou mais uma vez que é mestre em reservar surpresas - neste caso, bom para o time comandado por Carlos Amadeu.

Aos dez minutos da etapa complementar, Alanzinho, talentoso meia do Palmeiras, aproveitou bobeira na saída de bola dos africanos e, após chute de bico, sem força e pretensão, viu Koita errar de forma bisonha e a bola passar por baixo das pernas dele. Deu dó do jovem.

O "presente" não fez a Seleção Brasileira acordar. Pelo contrário. Brazão seguiu operando defesas seguras, garantindo a medalha de bronze para o nosso país. Nos acréscimos, porém, Yuri aumentou a vantagem e encerrou a participação do Brasil com 14 gols ao todo.

Esporte