PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corinthians se torna menos letal, e só dois jogadores marcam no returno

25/10/2017 07h30

Uma das marcas do Corinthians no melhor turno da história do Campeonato Brasileiro (47 pontos) não tem sido repetida no segundo turno: a letalidade. Se antes o Timão mostrava eficiência nas finalizações, agora sofre para marcar.

No primeiro turno, o Corinthians marcou 32 gols (média de 1,68 por jogo) e precisava finalizar menos para balançar a rede adversária. Eram necessárias 2,8 finalizações certas (6,6 no total - somando as erradas) para fazer um gol.

No segundo turno, esses números despencaram. O Timão marcou apenas oito vezes nos 11 jogos até agora (média de 0,75 por partida). Para cada gol marcado, o Corinthians teve 5,8 finalizações certas (16,6 no total). Os números são do Footstats.

Além de precisar finalizar muito mais para marcar, o Corinthians vê apenas dois jogadores serem responsáveis pelos oito gols no returno: os atacantes Clayson e Jô, com quatro cada (veja nas imagens acima).

Ao todo, 12 jogadores foram responsáveis pelos 40 gols do Corinthians neste Brasileirão. O técnico Fábio Carille utilizou 27 atletas de linha ao longo do campeonato, além do goleiro Cássio.

Para tentar ser letal como antes, o Timão volta a campo no domingo, às 17h, contra a Ponte Preta, em Campinas, pela 31ª rodada. A vantagem corintiana na liderança é de seis pontos. O Palmeiras é o vice-líder, com a mesma pontuação do Santos.

Esporte