PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tropeço contra o Coritiba não abala o Vasco para o clássico contra o Fla

Luciano Belford/AGIF
Imagem: Luciano Belford/AGIF

24/10/2017 07h35

O Vasco empatou em 1 a 1 com o Coritiba no Maracanã e frustrou os mais de 30 mil torcedores que foram ao estádio no último sábado. No entanto, o tropeço não abalou a confiança do Cruz-Maltino para a próxima partida, que é justamente um clássico contra o Flamengo, no próximo sábado. O discurso no clube entre jogadores e comissão técnico é de que a motivação é grande para a partida contra o rival, que é um concorrente direto por uma vaga na Libertadores do ano que vem.

O técnico Zé Ricardo garantiu que o elenco está confiante para a partida contra o Fla. Segundo ele, o clássico já é uma forma de motivação e o momento é de esquecer o jogo contra o time paranaense. O treinador vai aproveitar a semana livre de jogos para ajustar o time.

"Não, em hipótese alguma (abalou a confiança). O clássico por si só é muito motivante. Tenho certeza que a equipe vai colocar para trás esses resultados, já passou, não temos o que mudar. A gente tem que trabalhar para tentar produzir melhor e conseguir três pontos no próximo jogo", disse Zé.

Uma das principais coisas que o treinador cruz-maltino precisa corrigir é a produção ofensiva da equipe, que vem criando muito pouco. Nas últimas duas partidas, os gols do time foram marcados pelos próprios adversários. Contra o Atlético-GO, o Vasco ainda conseguiu segurar a vitória. Porém, diante do Coxa foi castigado no segundo tempo também com um lance de infelicidade de Breno, que desviou a bola, enganando Martin Silva.

Outro fato que anima os cruz-maltinos é que a equipe vai ter mais uma chance de entrar no G7 na próxima rodada. Caso vença o Rubro-Negro, o Vasco iguala o rival no número de pontos (46), mas o ultrapassa por conta do número de vitórias, que é o primeiro critério de desempate do Campeonato Brasileiro.

Esporte