PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Libertadores próxima faz Corinthians já planejar 2018; Carille é prioridade

30/08/2017 07h30

Ano passado, o Atlético-PR garantiu classificação para a Copa Libertadores com 57 pontos, em sexto lugar do Campeonato Brasileiro. Líder disparado da edição atual, o Corinthians já soma 50 pontos após 22 rodadas e tem, segundo matemáticos, 99.94% de probabilidade de classificação para o torneio continental em 2018. A vaga encaminhada é responsável por acelerar o planejamento da diretoria para a próxima temporada.

Neste processo, o Timão já definiu uma prioridade: acertar a renovação contratual do técnico Fábio Carille, que tem vínculo só até o fim do ano e ainda não foi procurado para conversar com a diretoria. Auxiliar do clube desde 2009 e efetivado como treinador no fim do ano passado, o comandante iniciará conversas nos próximos dias por meio de seu representante, Paulo Pitombeira.

O Timão está definindo as bases do contrato que oferecerá a Carille. Uma das alternativas pensadas é de um vínculo por mais duas temporadas, até o fim de 2019, principalmente após o treinador manifestar intenção de um trabalho à longo prazo no Parque São Jorge. Além disso, o comandante também terá um importante reajuste - desde a contratação, ele já teve as condições contratuais alteradas durante o Campeonato Paulista.

Além da renovação de Carille, o Corinthians já iniciou movimentações sobre o elenco para 2018. Com plano de buscar o título da Libertadores, a ideia é perder o mínimo possível de titulares deste ano e, dentro deste cenário, buscar entre quatro e cinco reforços. Caso haja saídas de peças importantes do elenco, repor à altura, com observações de mercado e chegadas pontuais. A comissão técnica acredita na continuidade como fator preponderante por conquistas.

Dos atuais titulares, os mais ameaçados de saída são o lateral-esquerdo Guilherme Arana, os zagueiros Balbuena e Pablo e o meia Rodriguinho. Todos, exceto Pablo, têm contrato em 2018 e são assediados pelo mercado europeu. O zagueiro está emprestado até o fim do ano pelo Bordeaux (FRA) e ainda não definiu a permanência para a próxima temporada.

Esporte