PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vasco vive apreensão por reforços para elenco ser fechado

Luis Fabiano é um dos desejos do Vasco para 2017 - Divulgação
Luis Fabiano é um dos desejos do Vasco para 2017 Imagem: Divulgação

30/01/2017 08h00

A apreensão é grande no Vasco para que o elenco seja fechado e o técnico Cristovão Borges tenha melhores opções na armação da equipe. Além do aguardo do já certo lateral-direito Gilberto e do atacante Luis Fabiano, que busca liberação na China, o meia Wagner e o atacante Muriqui, que já estão integrados, ainda não estão à disposição. O comandante avaliou este ponto durante a coletiva após a derrota para o Fluminense no domingo passado.

"O Muriqui está com dores lombares desde que sofreu uma pancada nos Estados Unidos, mas possivelmente já o teremos para o próximo jogo. O Wagner é só questão de regularização. Quando estiver, já vai poder ser relacionado", analisou o treinador antes de completar:

"A avaliação que fizemos está correta, por isso queremos contratar. Estamos reconstruindo, queremos suprir carências. Há possibilidade (de reforços) na semana que vem. Isso é claro. Enquanto isso vamos trabalhando e tentando fazer com que a equipe jogue bem. Nos Estados Unidos mostramos performance para iniciarmos bem o Carioca. Tivemos logo um clássico, e esse desequilíbrio do primeiro tempo foi decisivo".

O Vasco se reapresenta nesta segunda-feira à tarde, ainda sem novidades - o que se espera a qualquer momento -, em São Januário, para dar início à preparação da equipe visando o jogo de quinta-feira. Será contra o Bangu, em Moça Bonita, pela segunda rodada da Taça Guanabara do Carioca. O prazo de inscrição e regularização de atletas no Estadual é o penúltimo dia útil que antecede a quarta rodada (9 de fevereiro).

 

 

Esporte