PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fla vence Ceará em reencontro com Maracanã e impede título do Atlético-MG

Do UOL, no Rio de Janeiro

30/11/2021 22h02

Classificação e Jogos

Em seu primeiro jogo no Maracanã após perder o título da Libertadores para o Palmeiras, o Flamengo contou com apoio entusiasmado de sua torcida, se mostrou bem emocionalmente, fez uma boa partida e venceu o Ceará por 2 a 1. Impediu, assim, o título antecipado do Atlético-MG. Caso o Rubro-Negro não vencesse, o time de Minas Gerais já seria decretado campeão brasileiro de 2021. Os gols da partida foram marcados por Gabigol e Matheuzinho, para os flamenguistas, e Rick, para os cearenses.

O Ceará, com o resultado, perdeu a oportunidade de ultrapassar o Fluminense na tabela, ocupar a sétima colocação e se igualar em pontos ao rival Fortaleza. O Vozão, porém, segue vivo na disputa por uma vaga na Libertadores de 2022.

O Rubro-Negro volta a campo nesta sexta-feira (3), no Recife (PE), para enfrentar o Sport, que ontem teve seu rebaixamento decretado com a vitória do Juventude sobre o Red Bull Bragantino. Já o time cearense recebe o América-MG, no Castelão (CE), no domingo (5).

Live do Flamengo

Andreas reage rápido e faz boa partida

Andreas Pereira em ação pelo Flamengo diante do Ceará, no Maracanã - Gilvan de Souza / Agencia O Dia - Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Imagem: Gilvan de Souza / Agencia O Dia

Personagem central na final da Libertadores — ao falhar no gol do título do Palmeiras marcado por Deyverson —, o volante Andreas Pereira demonstrou um poder de reação rápido e fez uma boa partida. O jovem foi bem, principalmente, nas ações ofensivas e chegou a dar uma assistência para gol de Bruno Henrique, mas a arbitragem assinalou corretamente o impedimento.

No último lance do jogo, ele saiu na cara de goleiro e quase fez o dele, mas foi impedido pelo goleiro João Ricardo, para lamentação dos presentes.

O melhor - Gabigol

O atacante fez um gol, cabeceou uma bola no travessão e deu muito trabalho à zaga do Ceará, demonstrando que está mantendo a boa fase.

O pior - Fabinho

O volante cometeu uma falha grosseira no gol de Gabigol. Por ironia do destino, o lance lembrou em muito aquele do erro de Andreas Pereira na final da Libertadores.

Atuação do Flamengo

O Flamengo teve um primeiro tempo muito bom, demonstrando não se abalar emocionalmente, criando muitas oportunidades e sendo muito superior na partida. Na etapa final houve também uma superioridade na posse de bola, mas o time pareceu sentir fisicamente e caiu de rendimento.

Atuação do Ceará

O Ceará fez um primeiro tempo muito ruim. Não conseguia construir suas jogadas com objetividade e cedia muitos espaços na defesa. Foi para o intervalo perdendo por 1 a 0, mas o placar poderia ser maior. Na etapa final, o técnico Tiago Nunes fez substituições que surtiram efeito, principalmente as entradas de Rick e Jorginho, e o time passou a criar até fazer seu gol, justamente com Rick.

Cronologia do jogo

Gabigol abriu o placar para o Flamengo aos 2 minutos do primeiro tempo após falha do volante Fabinho. O Ceará empatou aos 25 minutos do segundo tempo com Rick, e o Rubro-Negro voltou a ficar na frente do placar aos 33 minutos do segundo tempo com Matheuzinho.

Selfie na comemoração

Jogadores do Flamengo tiram selfie ao marcar contra o Ceará, no Maracanã - Reprodução/ge - Reprodução/ge
Imagem: Reprodução/ge

Após o gol de Gabigol, o meia Diego pegou um celular e tirou uma selfie com seus companheiros e a torcida do Flamengo ao fundo. Momento inusitado.

Diego Alves e Léo Pereira se lesionam

Diego Alves é substituído por Hugo Souza por lesão, na partida entre Flamengo e Ceará - Marcelo Cortes / CRF - Marcelo Cortes / CRF
Imagem: Marcelo Cortes / CRF

O goleiro Diego Alves e o zagueiro Léo Pereira sofreram lesões musculares e foram substituídos. O primeiro na coxa esquerda e o segundo na coxa direita. Eles serão reavaliados nesta quarta-feira (1).

Torcida dividida antes do jogo

Antes do jogo, a torcida ficou dividida entre aplausos e vaias. Enquanto uma parte puxou gritos de "time sem vergonha", outra vaiou tentando abafar e puxou gritos de "Mengo".

Andreas e outros também dividem opiniões

Na divulgação da escalação no telão, o meia Andreas Pereira — que falhou no gol do título do Palmeiras na final da Libertadores — dividiu aplausos e vaias. O goleiro Diego Alves, o zagueiro Léo Pereira e o meia-atacante Éverton Ribeiro receberam algumas vaias.

Renato, Landim e Braz principais alvos

Os personagens que foram nominalmente citados nos protestos foram o técnico Renato Gaúcho (demitido ontem), o presidente do clube, Rodolfo Landim, e o vice de futebol, Marcos Braz.

Vale lembrar que, neste sábado (4), ocorrerá eleição no clube e, aparentemente, Landim é favorito para a reeleição.

Apoio nos 90 minutos

Quando a bola rolou, porém, o apoio foi incondicional e, com a vitória decretada, os jogadores do Flamengo fizeram questão de aplaudir e agradecer o carinho no centro do gramado.

Ônibus do Fla é alvejado por tintas rosas

Õnibus do Flamengo foi atacado por tintas na chegada ao Maracanã - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Na chegada da delegação do Flamengo ao Maracanã, o ônibus rubro-negro foi alvejado por bexigas que continham tintas rosas. Elas atingiram o vidro frontal e lataria do veículo.

Já na passarela do metrô que dá acesso ao estádio uma faixa foi estendida com a frase "diretoria de frouxos" e "fora 22.222", em alusão ao número em que o vice de futebol, Marcos Braz, se elegeu como vereador no Rio de Janeiro.

Torcedor do Galo 'infiltrado'

Um torcedor do Atlético-MG — diretamente interessado no resultado da partida — marcou presença "infiltrado" na torcida do Ceará. O registro viralizou nas redes sociais:

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 1 CEARÁ

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 20h (horário de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Cartões amarelos: Gabigol, Éverton Ribeiro, Thiago Maia, Ramon, Gustavo Henrique, Bruno Henrique (FLA); Lima (CEA)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Gabigol, aos 2 minutos do primeiro tempo (FLA); Rick, aos 25 minutos do segundo tempo (CEA); Matheuzinho, aos 33 minutos do segundo tempo (FLA)

Flamengo: Diego Alves (Hugo Souza), Matheuzinho, Gustavo Henrique, Leo Pereira (Bruno Viana) e Ramon; Andreas Pereira, Thiago Maia e Diego (Arrascaeta); Éverton Ribeiro (Michael), Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Maurício Souza (interino)

Ceará: João Ricardo, Igor (Airton), Luiz Otávio, Messias e Bruno Pacheco; Fabinho, Fernando Sobral (Cléber), Fabinho (Marlon), Kelvyn (Rick), Lima (Jorginho), Mendoza e Yony González. Técnico: Tiago Nunes.

Futebol