PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

Como fica a luta contra o Z-4 após a vitória do Atlético-GO sobre o Bahia?

Atletico-GO e Bahia se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro 2021. 29/11/2021 - Burno Corsino
Atletico-GO e Bahia se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro 2021. 29/11/2021 Imagem: Burno Corsino

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/11/2021 04h00

Classificação e Jogos

A vitória do Atlético-GO sobre o Bahia por 2 a 1 na noite de ontem (29) mexeu com a parte de baixo da tabela do Brasileirão. O Dragão deu um grande passo para permanecer na Série A e acirrou a disputa entre Cuiabá, Athletico, Juventude e o próprio Bahia para evitar a queda.

O revés complicou demais a situação do Tricolor baiano, que continua com 40 pontos. Apesar de estar fora da zona do descenso, tem um jogo a mais que o Juventude. Ou seja, basta um simples empate do time alviverde hoje (30) diante do Red Bull Bragantino para empurrar o Esquadrão ao Z4. Dos três jogos que faltam, o time ainda faz dois em casa, contra Atlético-MG e Fluminense, e um fora contra o Fortaleza.

O outro clube que está abaixo (excluindo a lanterna e já rebaixada Chape) e tem um jogo a menos é o Cuiabá. O Dourado encara o Palmeiras hoje (30) e, se vencer, pode chegar aos 46 pontos e praticamente se garantir na elite. Além disso, o time ainda terá um confronto direto com o Athletico na sequência, fora de casa. Fortaleza, em casa, e Santos, fora, completam a série de jogos do time.

Estas duas equipes com jogos a menos pressionam demais o Athletico. Atual campeão da Sul-Americana e finalista da Copa do Brasil, o Furacão somou apenas 42 pontos até agora e está ameaçado na 15ª colocação. Depois do Cuiabá, o clube ainda recebe o Palmeiras e visita o Sport.

Por fim, o Atlético-GO chegou aos 44 e ainda corre riscos, porém tem a Chapecoense como próxima adversária. Com 44 pontos e na 13ª colocação, o Dragão depende apenas de uma vitória neste confronto para se garantir na elite nacional por mais uma temporada.

Fortaleza pode decidir

O Tricolor cearense é o sexto lugar com 52 pontos e luta por uma vaga na fase de grupos da Libertadores. No entanto, o Leão do Pici será determinante para a zona de rebaixamento do Brasileirão. Depois de perder para o Santos por 2 a 0, no jogo que praticamente livrou o Peixe do descenso, o Fortaleza terá mais três jogos contra as equipes da parte de baixo da tabela.

Em casa, recebe o Juventude na sexta (3) e o Bahia na outra quinta (9), na rodada final do torneio. Para completar, entre os jogos encara o Cuiabá fora de casa na segunda (6).

Risco muito alto

Na penúltima e 19ª colocado com 33 pontos, o Sport está muito próximo do rebaixamento. O time terá sua queda decretada ainda hoje (30) caso o Juventude ganhe —neste cenário, o Alviverde deixaria a zona da degola e chegaria aos 43 pontos, ultrapassando o Athletico, que se tornaria o primeiro clube fora do Z-4, com 42. Com apenas mais três jogos pela frente, o Leão da Ilha poderia no máximo igualar a pontuação do Furacão, mas perderia no número de vitórias (só chega a 11 e o Rubro-Negro tem 12).

O Grêmio continua em uma situação complicada e aposta todas suas fichas no confronto com o São Paulo nesta quinta (2), às 20h. Com 36 pontos, o time gaúcho ainda pode alcançar os 45, que é a pontuação atual do Tricolor paulista. Além de fazer sua parte contra o Corinthians, fora, e o Atlético-MG, em casa, o Imortal ainda terá que torcer por tropeços dos rivais para não ser rebaixado.

Praticamente aliviados

O São Paulo, 12º com 45 pontos, é a equipe com calendário mais fácil nesta reta final. O time visita o Grêmio e recebe o Juventude, duas equipes em situação inferior ao Tricolor. Por fim, a rodada final será contra o América-MG, fora de casa. Até lá, é bem provável que os dois times façam este jogo sem grandes pretensões no torneio.

Em décimo, com 46 pontos, o Coelho olha mais para a parte de cima da tabela do que para a degola. Ainda com chances remotas de queda, recebe a Chapecoense hoje (30) e visita o Ceará antes da rodada final.

Para completar a lista dos clubes que conseguiram uma distância da degola, o Santos, com a mesma pontuação do América, mas um posto atrás por ter pior saldo de gols (-1 a -6), tem apenas mais dois jogos no ano. A equipe vista o Flamengo e encerra sua trajetória na Série A diante do Cuiabá, na Vila Belmiro.

Confira a tabela das equipes que ainda têm chances de queda

América-MG: Chapecoense (casa), Ceará (fora) e São Paulo (casa).

Santos: Flamengo (fora) e Cuiabá (casa).

São Paulo: Grêmio (fora), Juventude (casa) e América-MG (fora).

Cuiabá: Palmeiras (casa), Athletico (fora), Fortaleza (casa) e Santos (fora).

Athletico: Cuiabá (casa), Palmeiras (casa) e Sport (fora).

Bahia: Atlético-MG (casa), Fluminense (casa) e Fortaleza (fora).

Juventude: Bragantino (casa), Fortaleza (fora), São Paulo (fora) e Corinthians (casa).

Grêmio: São Paulo (casa), Corinthians (fora) e Atlético-MG (casa).

Sport: Flamengo (casa), Chapecoense (fora) e Athletico (casa).

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi publicado, o Juventude joga contra o São Paulo fora de casa, não em casa. O erro foi corrigido.