PUBLICIDADE
Topo

Inglês - 2021/2022

Time inglês decide não lançar camisa nova para ajudar torcida a economizar

Recém-provomido à elite, Brentford faz campanha sólida e já tirou pontos de Arsenal e Liverpool - REUTERS/Chris Radburn
Recém-provomido à elite, Brentford faz campanha sólida e já tirou pontos de Arsenal e Liverpool Imagem: REUTERS/Chris Radburn

Do UOL, em São Paulo

25/11/2021 12h30

Classificação e Jogos

Em tempos em que o faturamento com fornecedoras esportivas é tão relevante para os clubes de futebol, um clube da Premier League resolveu não lançar um novo uniforme. O Brentford anunciou hoje (25) que vai manter a camisa da temporada atual para a temporada 2022-23, para ajudar seus torcedores a economizar.

"Acreditamos no futebol acessível financeiramente para nossos torcedores e estamos cientes da necessidade de o jogo ser mais focado na sustentabilidade. Por isso, quando discutimos a ideia, todo o mundo no clube apoiou", afirma Jon Varney, chefe-executivo do Brentford.

O clube retornou à primeira divisão inglesa após 74 anos de ausência e logo na estreia venceu o Arsenal, um resultado que é citado no comunicado oficial como "memorável", em uma camisa "que não pode ser esquecida". Após 12 rodadas, o time ocupa a 13ª posição e está cinco pontos acima da zona de rebaixamento.

"Ainda que não seja uma prática normal na Premier League [manter o uniforme por dois anos], torcedores têm nos dito que são a favor das economias que uma camisa de duas temporadas significa", diz Varney. "Também achamos que é um passo na direção certa para ajudar um pouco o meio-ambiente. É uma coisa pequena, mas acreditamos que ajuda."

Na loja oficial da Umbro, a fornecedora esportiva do Brentford, a atual camisa principal do clube custa 49 libras esterlinas (cerca de R$ 360).

Em campo, o Brentford volta a jogar às 11 horas (de Brasília) deste domingo (28), quando enfrenta o Everton em casa —justamente a camisa listrada em branco e vermelho, agora renovada para a temporada que vem.