PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Marcos diz que tem ritual supersticioso para final e usará camisa especial

Ex-goleiro Marcos, ídolo do Palmeiras, falou que tem ritual para a final da Libertadores - Reprodução/Instagram
Ex-goleiro Marcos, ídolo do Palmeiras, falou que tem ritual para a final da Libertadores Imagem: Reprodução/Instagram

Talyta Vespa

Do UOL, em São Paulo

25/11/2021 14h52

O ex-goleiro Marcos, ídolo do Palmeiras, afirmou que fará um ritual de superstição para dar sorte ao clube alviverde na final da Libertadores, no próximo sábado (27), contra o Flamengo.

"Sou muito palmeirense. Vou fazer tudo da minha parte, que é sentar no meu lugar e fazer as mesmas coisas que eu faço em jogo importante", disse Marcos em evento do Santander, patrocinador da Libertadores, em São Paulo.

O ídolo palmeirense ainda contou que parte do ritual será usar uma camisa da sorte que pertencia ao também ex-goleiro Velloso.

"Tenho uma camisa da sorte que só uso em jogos tremendamente importantes, como final da Libertadores. Final do Paulista, eu não gasto. Não vou gastar minha sorte em final do Paulista, mas quando é final da Copa do Brasil, do Brasileiro, eu uso. É uma antiga da época do Velloso. Tenho uma azul e uma branca", explicou.

Elogios a Weverton

Marcos também elogiou Weverton, atual titular do gol palmeirense, e acredita que o goleiro já chegou ao nível do ex-camisa 12.

"Ele (Weverton) já está no meu nível, é um goleiro evoluído. Faz 10 anos que parei de jogar. Eu não tenho essas neuras de ser melhor, não gosto de comparação, porque é um time centenário. Quando você coloca alguém como o melhor, você elimina a história de um monte de goleiro para trás que fez o Palmeiras ser o tamanho que ele é."

"Pelas conquistas que ele (Weverton) vem tendo, direto é convocado (para a seleção brasileira), se modernizou para o estilo que é o futebol hoje, eu acho que a torcida do Palmeiras não tem que pagar piedade para mim, não. Ídolo é o cara que você gosta não importa o que os outros falam. (Weverton) Já é ídolo, assim como Prass e Jaílson", completou.

Mundial de Clubes

O representante da América do Sul no Mundial de Clubes será conhecido após a final da Libertadores, e Marcos crê que tanto Palmeiras quanto Flamengo têm chances de bater de frente com o Chelsea, atual campeão da Liga dos Campeões.

"Mundial está ficando cada vez mais complicado. O Flamengo jogou de igual para igual com o Liverpool. Às vezes, falam que eles (europeus) tiram o pé, mas eu não acho que tiram o pé, não, mas também não jogam com aquela pegada de final da Champions. O Chelsea está jogando bem, mas se o Corinthians ganhou do Chelsea (em 2012), por que o Palmeiras ou o Flamengo não podem ganhar?", questionou.

Palmeiras