PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

Atlético-MG supera gol contra bizarro, vira e vence o Cuiabá no Brasileirão

Do UOL, em Belo Horizonte

24/10/2021 17h57Atualizada em 24/10/2021 18h27

Classificação e Jogos

Cada vez mais líder, o Atlético-MG venceu mais uma e aumentou a expectativa de seu torcedor no que diz respeito à quebra do jejum de 50 anos sem título do Campeonato Brasileiro. Na tarde de hoje (24), o Galo venceu o Cuiabá de virada por 2 a 1 e chegou aos 59 pontos, 11 de vantagem para o Fortaleza, segundo colocado, e 13 de distância do Flamengo, terceiro na tabela.

A partida começou com um lance muito bizarro, que gerou o gol do Cuiabá. O zagueiro atleticano Nathan Silva deu um passe horrível para Everson, que mesmo se esticando todo não conseguiu impedir o gol contra. A sorte do defensor é que o ataque atleticano funcionou e fez o time virar.

A próxima partida do Atlético-MG no Brasileirão será justamente contra o Flamengo. O jogo será no sábado (30), às 19h, no Maracanã. Três dias antes, o Galo visita o Fortaleza para decidir a vaga na final da Copa do Brasil após vencer a ida por 4 a 0.

Já o Cuiabá volta a campo no dia 1º, quando recebe o Red Bull Bragantino.

Gol (bizarro) relâmpago

Logo no primeiro minuto de jogo, o zagueiro Nathan Silva tentou o recuo para Everson, mas o passe foi esticado demais. O goleiro atleticano se esforçou ao máximo para pegar a bola, mas não alcançou. Gol contra do Galo em um lance muito bizarro.

Dois gols em três minutos

Mesmo com o placar adverso, o Atlético-MG partiu para cima do Cuiabá. Dois minutos após sofrer o gol, o Galo emplacou um ataque rápido e chegou ao empate com Hulk, artilheiro atleticano no ano com 25 gols.

O auxiliar ainda levantou a bandeira e acusou impedimento. Porém, a marcação do bandeirinha foi equivocada, e o árbitro de vídeo validou o gol atleticano.

Virada do líder

O time de Cuca buscou a virada ainda no primeiro tempo. No último lance, aos 47 minutos, Guilherme Arana encontrou um cruzamento na medida para Jair, que dentro da pequena área cabeceou e fez o segundo gol atleticano.

Seria um frangaço

O goleiro do Cuiabá escapou de passar uma vergonha imensa. Em chute despretensioso de Hulk, Walter aceitou, e a bola passou no meio de suas pernas. A sorte dele é que o lance foi invalidado por um toque na mão do atacante atleticano.

Reclamação pesada com o bandeira

Mesmo depois de o gol atleticano ter sido confirmado com a ajuda do árbitro de vídeo, o impedimento assinalado de forma errada pelo bandeirinha gerou muita reclamação do técnico Cuca e do atacante Diego Costa. A dupla não perdoou o assistente, que ouviu poucas e boas na beirada do campo.

O trabalho da arbitragem tem sido constantemente contestado pelo Atlético-MG nesta edição do Brasileirão. Na semana passada, o presidente alvinegro se reuniu com representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para tratar do assunto "apito".

Foi bem: Hulk

O atacante atleticano marcou mais uma vez e chegou ao 25º gol com a camisa do Galo. Ele persegue uma marca que só foi atingida duas vezes neste século. Desde 2001, apenas Diego Tardelli [com 42 gols em 2009] e Fred [30 gols em 2017] ultrapassaram a marca de 30 gols em uma mesma temporada pelo time.

Foi mal: Rafael Gava

O meio-campista usou mais a força do que técnica na partida e ficou devendo no jogo. Foi substituído no intervalo.

Cronologia do jogo

No primeiro minuto de jogo, o zagueiro Nathan Silva recebeu a bola sozinho na entrada da área e esticou um passe para Everson. O goleiro se esforçou ao máximo para pegar a bola, não conseguiu chegar e sofreu o gol: 0 a 1.

Aos 3 minutos do primeiro tempo, O Atlético-MG cobrou escanteio em jogada ensaiada, e a bola sobrou para Keno, que encontrou Hulk no centro da área para empatar: 1 a 1.

Aos 47 minutos do primeiro tempo, Guilherme Arana cruzou da esquerda. Jair, dentro da pequena área, cabeceou para virar o placar: 2 a 1.

No primeiro minuto do segundo tempo, o atacante Hulk chutou, e o goleiro Walter aceitou, levando um gol debaixo das pernas. A sorte do arqueiro do Cuiabá é que o lance foi invalidado pelo VAR por um toque no braço do atacante do Atlético-MG.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 1 CUIABÁ

Motivo: 28ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: 24 de outubro de 2021, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP).
Gols: Nathan Silva (contra, a 1' 1ºT); Hulk (3' 1ºT), Jair (47' 1ºT)
Cartão amarelo:
Cartão vermelho:

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga, Junior Alonso, Nathan Silva e Guilherme Arana; Jair (Réver). Alan, Zaracho (Savarino); Nacho (Tchê Tchê), Keno (Vargas) e Hulk (Diego Costa). Técnico: Cuca

CUIABÁ: Walter; João Lucas, Alan Empereur, Paulão e Uendel; Auremir (Uillian Correia), Rafael Gava (Yuri Lima), Max e Camilo (Jonathan Cafú); Clayson e Jenison (Elton). Técnico: Jorginho