PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

Luiz Adriano cria dúvida para Abel no Palmeiras: "quero ter dor de cabeça"

Do UOL, em São Paulo

19/09/2021 04h00

Classificação e Jogos

O retorno de Luiz Adriano ao time titular do Palmeiras criou uma dúvida na cabeça de Abel Ferreira para a formação ideal do ataque visando ao início do confronto com o Atlético-MG pela semifinal da Copa Libertadores da América. O centroavante atuou o tempo todo na vitória sobre a Chapecoense por 2 a 0, ontem (18), na Arena Condá, e marcou um dos gols, acabando com um jejum de 104 dias sem balançar as redes.

Até então, o ataque do Palmeiras era composto por dois velocistas -Rony e Wesley. Luiz Adriano ganhou uma oportunidade, depois de se recuperar de uma lesão no joelho, e agradou. Abel Ferreira, no entanto, despistou sobre a possibilidade de o centroavante ter conquistado um lugar na equipe para o jogo contra o Galo na próxima terça-feira, no Allianz Parque.

"Tento desmistificar que não é o Luiz Adriano, o Willian, o Rony, o Deyverson ou o Breno quem faz gols. É a equipe do Palmeiras que constrói e, às vezes, vamos fazer mais gols, como já fizemos cinco ou seis, e há jogos em que é mais difícil. A temporada começou difícil para o Luiz por diversas circunstâncias, por problemas físicos, mas todos os jogadores do plantel são importantes, e nenhum é importante isoladamente."

O fato de ter Luiz Adriano à disposição em um momento decisivo foi um fato comemorado por Abel. Para ele, o Palmeiras acertou ao preservar seus atletas durante a temporada para chegar em plenas condições para duelar contra o Atlético-MG por um lugar na decisão da Libertadores.

"Nesse momento temos todos os jogadores disponíveis, fruto da organização que tivemos no começo da temporada em relação ao desgaste. São risco que assumimos. Há treinadores que preferem jogar sempre com a mesma equipe. É uma ideia, não estou contra ou a favor. Eu tenho uma ideia e é nessa que acredito", explicou Abel.

"Quero ter dor de cabeça para escolher os 11 titulares e ter que deixar outros jogadores fora. Hoje (ontem) deixamos Scarpa fora, Danilo, Breno, Willian. As regras da Fifa são claras. Só podem jogar 11 e entrar cinco. Temos 29 jogadores e não faço magia de subtrair jogadores. Eles entendem e trabalham todos os dias para estarem disponíveis. E foi isso o que o Luiz Adriano fez. E é isso que peço a eles. Quando jogam 15 ou 20 minutos, que digam ao treinador que estão prontos para servir ao Palmeiras."

A vitória sobre a Chapecoense recuperou o Palmeiras no Brasileirão. O time alviverde só havia somado quatro pontos dos últimos 18 pontos e vinha de uma derrota para o Flamengo por 3 a 1, de virada, em casa. A equipe de Abel soma, agora, 38 pontos e tem sete de desvantagem para o líder Atlético-MG. Atrás dela está o Flamengo, que tem 34 pontos e encara o Grêmio neste domingo no Maracanã.