PUBLICIDADE
Topo

Francês - 2021/2022

Ainda sem Messi e Neymar, PSG vence o Brest e assume liderança do Francês

Mbappé comemora gol do PSG contra o Brest, pelo Campeonato Francês - REUTERS
Mbappé comemora gol do PSG contra o Brest, pelo Campeonato Francês Imagem: REUTERS

Do UOL, em São Paulo

20/08/2021 17h53

Classificação e Jogos

Ainda sem Messi e Neymar, o PSG venceu o Brest por 4 a 2 na tarde hoje, no Stade Francis-Le Blé. O jogo foi válido pela terceira rodada do Campeonato Francês.

Com a ausência da dupla "NeyMessi", coube a Mbappé comandar a vitória. Em meio aos rumores de possível saída, o camisa 7 foi decisivo nesta sexta-feira ao anotar o seu primeiro gol na temporada. Herrera, Gueye e Di María também balançaram a rede; Honorat e Mounié descontaram para o time da casa.

O resultado mantém o Paris Saint-Germain com 100% de aproveitamento na competição. A equipe assumiu a liderança, com nove pontos — o PSG ainda pode ser alcançado por Angers e Clermont na sequência da rodada. O Brest é o 12º, com dois pontos.

O próximo jogo do PSG será no dia 29 de agosto, contra o Reims, fora de casa.

Mbappé marca, e PSG abre vantagem

O PSG ditou o ritmo na partida desde os primeiros instantes. Com controle diante de um adversário que ainda não venceu na competição, o time de Paris deu início à vitória com Herrera, aos 22 minutos. O meia aproveitou uma bola rebatida na entrada da área e chutou forte, de primeira, para marcar um belo gol.

Aos 35, foi a vez de Mbappé deixar a sua marca. Ele aproveitou rebote após chute de Wijnaldum e completou de cabeça para o gol. Perto do intervalo, aos 41 minutos, Honorat descontou depois de receber um belo passe de Faivre.

Di María define vitória no fim

Após abrir vantagem no primeiro tempo, a vitória do PSG parecia encaminhada depois que Gueye arriscou um chute de longe aos 27 minutos da segunda etapa e marcou o terceiro da equipe parisiense. Aos 39, porém, o Brest ganhou novo fôlego depois que Mounié recebeu lançamento pelo alto e tocou na saída de Keylor Navas para diminuir.

O time da casa até esboçou uma pressão, mas, aos 44 minutos, Di María deu números finais à partida. O argentino, que havia entrado na vaga de Mbappé, fez um golaço de cobertura depois de uma linda arrancada em contra-ataque.

Donnarumma fica no banco

Messi e Sergio Ramos não foram as únicas contratações a terem a estreia adiada pelo PSG. O goleiro Donnarumma chegou a ser relacionado, mas assistiu à vitória do banco de reservas.

Mesmo sem entrar em campo, Donnarumma ganhou os holofotes, principalmente quando a transmissão da partida mostrou o goleiro logo após o primeiro gol sofrido pelo PSG. Navas chegou a tocar bola, mas permitiu que ela passasse debaixo do seu corpo.