PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Argentina x Paraguai tem preocupação com Messi e "rival muito incômodo"

Argetina e Paraguai jogam hoje (21), no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF) - Juan I. Roncoroni-Pool/Getty Images
Argetina e Paraguai jogam hoje (21), no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF) Imagem: Juan I. Roncoroni-Pool/Getty Images

Marinho Saldanha

Do UOL, em Brasília (DF)

21/06/2021 12h01

Classificação e Jogos

O discurso padrão sobre "não se preocupar com o rival" passou longe das coletivas de véspera de Argentina e Paraguai. Ambos mostraram-se cautelosos e atentos ao que o adversário poderá apresentar na partida de hoje (21), pela terceira rodada do grupo A da Copa América.

"É um rival muito incômodo e difícil. Sabe o que faz, tem um grande treinador e uma geração de bons jogadores. Será um jogo difícil. Já enfrentamos outras vezes e sempre será difícil", disse o técnico Lionel Scaloni, da Argentina.

A equipe de Eduardo Berizzo tem 100% de aproveitamento nesta edição da Copa América. Ganhou o único jogo que disputou, contra a Bolívia, por 3 a 1.

"Sabemos da qualidade do Paraguai, mas crescemos muito e fizemos bons jogos pelas Eliminatórias e também contra o Uruguai (na estreia da Copa América)", acrescentou Leandro Paredes.

E os paraguaios têm uma preocupação central: Lionel Messi. Melhor em campo no jogo de estreia da Argentina, vitória por 1 a 0 sobre o Uruguai, o craque será "rodeado de marcadores", segundo o treinador paraguaio. E mesmo assim demanda atenção individual.

"É um jogador importante, a Argentina tem ótimas individualidades, jogadores que podem decidir a partida. Sabemos o que podem apresentar e situações que precisamos estar atentos nos jogo", concordou o goleiro Silva.

O duelo pode valer a liderança isolada da chave. Ambos, porém, dependem do resultado do Chile, que soma quatro pontos e encara o Uruguai às 18h (de Brasília), em Cuiabá.

Argentina e Paraguai jogam depois, às 21h (de Brasília), no Mané Garrincha.

Esporte