PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Flu tem maratona de 20 mil km em 11 dias por Libertadores e semi do Carioca

Fluminense de Fred fará "maratona aérea" por Libertadores e semifinais do Carioca - Lucas Merçon/Fluminense FC
Fluminense de Fred fará 'maratona aérea' por Libertadores e semifinais do Carioca Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

01/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Fluminense esperou oito anos para voltar à Libertadores, mas além do difícil grupo D, enfrenta outros obstáculos na competição. Com o calendário apertado, duas viagens à Colômbia e dois jogos pelas semifinais do Campeonato Carioca entre elas, o Tricolor fará uma verdadeira maratona: viajará 20 mil quilômetros em apenas 11 dias — cálculos feitos com base na linha reta entre as cidades, a "linha aérea".

As longas viagens começaram na última segunda (26), com uma epopeia para chegar a Armênia, Colômbia, onde venceu o Independiente Santa Fé-COL pela segunda rodada da competição internacional.

O Flu jogaria em Bogotá — já mais de 4500km distante do Rio — e pouparia 600km em suas "milhagens", mas a partida teve o local modificado por conta de um decreto que proibiu a realização de atividades esportivas na capital colombiana. Antes mesmo desta mudança, o clube das Laranjeiras já seria o time brasileiro que mais viajaria na Libertadores — mais de 23 mil quilômetros.

Depois de ir à Bogotá e depois à Armênia, o Tricolor voltou ao Rio de Janeiro, onde enfrenta a Portuguesa, no domingo (2), no Estádio Luso-Brasileiro, na casa do adversário na Ilha do Governador. Ao todo, percorreu 10 mil quilômetros só nesta semana.

Sem contar os deslocamentos rodoviários, o Flu ainda voltará à Colômbia na semana que vem, ainda mais longe do que na semana passada: Barranquilla, a mais de 5 mil quilômetros do Rio de Janeiro.

Na cidade, uma das mais nortenhas da América do Sul, já no mar do Caribe, o Tricolor enfrenta o Junior (COL), na quarta (5), lanterna da chave, para seguir na rota de seu principal objetivo na temporada: a Copa Libertadores da América.

Por fim, o Fluminense volta ao Rio para fazer o segundo jogo contra a Lusinha, no Maracanã, no domingo (9). Com poucos dias de descanso, a maratona colocará à prova a força do elenco comandado por Roger Machado e reforçado para 2021. Na partida de ida da semifinal estadual, por exemplo, o Tricolor utilizará reservas: veteranos como Nenê e Fred serão poupados.

Fluminense