PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ceará goleia Sampaio Corrêa e vai à semifinal da Copa do Nordeste

Ceará venceu Sampaio Corrêa e está na semifinal - Sampaio Corrêa/Instagram
Ceará venceu Sampaio Corrêa e está na semifinal Imagem: Sampaio Corrêa/Instagram

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

18/04/2021 18h03

O Sampaio Corrêa até tentou surpreender o invicto Ceará durante todo o primeiro tempo, mas não resistiu à pressão na segunda etapa e perdeu por 3 a 0 na tarde deste domingo (18), em partida válida pelas quartas de final da Copa do Nordeste, disputada na Arena Castelão, no Ceará.

O Clube cearense goleou os maranhenses com gols de Bruno Pacheco, Saulo Mineiro e Felipe Vizeu, garantindo a vaga na semifinal do Nordestão. A próxima fase do regional será disputada contra o Vitória, que venceu o Altos na noite de ontem (17) por 2 a 1.

Sampaio começa recuado e Vozão atacando

O Ceará começou o jogo mostrando que chegou para defender sua invencibilidade. Logo nos cinco primeiros minutos de jogo, o colombiano Stiven Mendoza conseguiu chutar duas vezes no gol do Sampaio. No primeiro lance, ele foi acionado pelo lado esquerdo do ataque e tentou o chute direto ao gol de Mota, mas a bola apenas balançou a rede pelo lado de fora. Logo depois, Mendoza fez tabela com Vina e finalizou forte, mas a bola apenas subiu.

Ceará aposta no histórico de falhas do adversário

O Vovô explorou as bolas longas durante boa parte da primeira etapa já que são justamente as falhas do Sampaio Corrêa nesta temporada. Na última quarta-feira, durante partida da Bolívia Querida contra o Moto Club, pelo Campeonato Maranhense, a equipe sofreu dois gols justamente em lances de bolas longas. O Sampaio, por outro lado, enquanto sofria pressão do Vovô, apostava apenas no contra-ataque.

Primeiro tempo terminou sem gols

Ao final da primeira etapa, o Sampaio Corrêa mudou a postura e passou a atacar mais, deixando de lado sua conduta defensiva do começo do jogo. Assim como o Ceará, a Bolívia Querida também passou a investir nas bolas longas, principalmente pelo lado esquerdo do campo, além de uma marcação alta. O Ceará, entretanto, controlou mais o jogo e continuou tendo sucesso nas jogadas de perigo, mas sem conseguir chutar a gol. As equipes foram para o vestiário com a igualdade no placar da Arena Castelão.

Segundo tempo ganha fôlego nos minutos finais

O Ceará encontrou espaços na marcação e passou a criar chances mais claras de gol na volta para o segundo tempo. Na melhor chegada do time na área do Sampaio, aos 12 minutos, Charles roubou a bola no meio-campo, e acionou Vina pela direita, que emendou chute. Sobrou para Mota se esticar e fazer uma grande defesa. O tricolor respondeu três minutos depois em um contra-ataque de velocidade. Jefinho tocou com Pimentinha, que perdeu o tempo da bola, e devolveu a Sávio. Os dois iniciaram uma tabela, e Sávio tentou cruzar, mas a bola parou nas mãos de Richard.

Jogo resolvido em sete minutos

A equipe cearense precisou de apenas sete minutos para resolver a partida. Aos 27 minutos, Bruno Pacheco aproveitou bate-rebate para chutar. A bola desviou em Allan e entrou no gol de Mota. Dois minutos depois, em um contra-ataque mortal do Vozão, Saulo saiu em velocidade, e parou em Mota. Mendoza aproveitou o rebote e tocou novamente em Saulo para balançar as redes. E aos 33 minutos, Bruno Pacheco iniciou jogada pela esquerda, tocou em Vizeu para o camisa 11 chutar e fazer o terceiro.

Vina perde pênalti e adia primeiro gol

Aos 46 minutos, após revisão do VAR, a arbitragem marcou pênalti para o Ceará, após Buiú chutar no braço de Marlon. Vina foi escolhido para chutar e marcar seu primeiro gol na Copa do Nordeste, mas ele bateu forte e a bola explodiu no travessão.

FICHA TÉCNICA
COPA DO NORDESTE - QUARTAS DE FINAL
Ceará 3 x 0 Sampaio Corrêa

Data: 18/04/2021 (Domingo)
Local: Arena Castelão (CE)
Árbitro: Marielson Alves Silva/BA
Auxiliares: Elicarlos Franco De Oliveira/BA e Paulo de Tarso Bregalda Gussen/BA
Cartões amarelos: Eloir (SAM], Ferreira (SAM), Mendoza (CEA) e Charles (CEA)
Gols: Bruno Pacheco (CEA) aos 27 do segundo tempo (1-0), Saulo Mineiro (CEA) aos 29 do segundo tempo (2-0) e Felipe Vizeu (CEA) aos 33 do segundo tempo (3-0).

Ceará: Richard, Gabriel Dias (Buiú), Messias, Luiz Otávio, Bruno Pacheco, Pedro Naressi, Charles (Marlon), Lima (Saulo Mineiro), Vina, Cléber (Felipe Vizeu) e Mendoza (Yony González). Técnico: Guto Ferreira.

Sampaio Corrêa: Mota, Sávio (Michel Tiago), Allan, Joécio, Marlon, André Luiz, Eloir (Joanderson), Ferreira, Jefinho, Pimentinha (Pablo) e Dudu (Jajá). Técnico: Rafael Guanaes.

Futebol