PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fortaleza elimina CSA e vai à semifinal da Copa do Nordeste

David aproveitou sobra de bola e marcou para o Fortaleza - Leonardo Moreira / Fortaleza EC
David aproveitou sobra de bola e marcou para o Fortaleza Imagem: Leonardo Moreira / Fortaleza EC

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

17/04/2021 17h57

Classificação e Jogos

O Fortaleza se classificou para semifinal da Copa do Nordeste ao vencer o CSA por 2 a 1 na tarde deste sábado (17), na Arena Castelão, no Ceará. David e Bruno Melo marcaram para o Leão do Pici, enquanto o artilheiro do CSA, Delatorre, descontou para a equipe azulina.

Com a vitória, o Fortaleza pega o Bahia, que venceu o CRB por 4 a 0 no Pituaçu. O CSA, eliminado da Copa do Brasil e agora do regional, volta sua atenção para o Campeonato Alagoano e para a estreia na Série B deste ano. A próxima fase do Nordestão acontece no próximo sábado (24).

CSA começa indo para cima

O CSA começou a partida marcando alto a saída de bola do Fortaleza e conseguiu surpreender o Leão do Pici logo nos primeiros minutos. Aos 2 minutos, Dellatorre arriscou da entrada da área do Fortaleza, mas Felipe Alves estava atento para espalmar. 4 minutos depois, Matheus Vargas errou o passe novamente na saída, Vitor Costa pegou e passou para Marco Túlio que avançou e chutou forte, mas a bola foi para fora.

Fortaleza estreia o VAR com gol

O VAR foi acionado pela primeira vez nesta edição da Copa do Nordeste. A pressão do CSA não deu certo e após cobrança do escanteio de Wanderson, aos 15 minutos, a bola foi cabeceada por Benevenuto, Darley espalmou e David empurrou para o gol. O assistente Schumacher Marques marcou impedimento, mas o VAR foi acionado e confirmou a inauguração do placar pela equipe cearense.

CSA muda tática e avança mais

O gol do Fortaleza fez o Azulão mudar a estratégia de jogo. Antes apostando mais nas saídas erradas do time cearense, o CSA passou a subir mais para trabalhar a bola, valorizando a posse e impedindo que o Leão desenvolvesse novos lances. Consequentemente, o Fortaleza teve de recuar.

Estratégia dá certo e Azulão empata

A estratégia de trabalhar a bola na área do Fortaleza deu certo para o CSA e aos 40 minutos, Yago Pikachu vacilou ao ser pressionado, Vitor Costa roubou a bola e foi tocado pelo meia do Fortaleza para o árbitro marcar penalidade para o CSA. O centroavante da equipe alagoana bateu no cantinho, deslocou Felipe Alves e empatou o placar.

Jogo se inverte

Na volta para o segundo tempo a situação se inverteu e foi o Fortaleza quem passou a pressionar o CSA nas saídas de bola. O novo jeito de jogar deu resultado e colocou o Leão do Pici novamente na frente do marcador. Aos 20 minutos, Robson mandou com veneno, Bruno Melo desviou na primeira trave e a bola morreu no fundo da rede do CSA.

Fortaleza se classifica e CSA é eliminado

O CSA até tentou igualar o marcador. O técnico Mozart colocou Norberto para tentar evitar as jogadas de David, mas não conseguiu o resultado que esperava e o Fortaleza continuou até o final da partida pressionando o CSA. Mesmo com as oportunidades, o Leão não conseguiu ampliar o marcador e garantiu a vitória por 2 a 1, eliminando a equipe alagoana e se classificando para a próxima fase.


FICHA TÉCNICA
COPA DO NORDESTE - QUARTAS DE FINAL
Fortaleza 2 x 1 CSA

Data: 17/04/2021 (sábado)
Local: Arena Castelão (CE)
Árbitro: Leandro Bizzio/PB
Auxiliares: Kildenn Tadeu Morais/PB e Schumacher Marques/PB
Cartões amarelos: Wellington Paulista (FOR), Bruno Melo (FOR), Lucão (CSA) e Norberto (CSA)
Gols: David (FOR) aos 15 do primeiro tempo (1-0), Delatorre (CSA) aos 42 do primeiro tempo (1-1) e Bruno Melo (FOR) aos 20 do segundo tempo (2-1).

Fortaleza: Felipe Alves, Daniel Guedes (Tinga), Marcelo Benevenuto, Wanderson, Bruno Melo, Matheus Jusss, Éderson, Yago Pikachu (Wellington Paulista), Matheus Vargas (Romarinho), Robson (Felipe) e David (Osvaldo). Técnico: Luís Fernando Flores (auxiliar-técnico).

CSA: Darley, Norberto, Matheus Felipe, Lucão, Vitor Costa, Geovane, Gabriel (Silas), Rodrigo Pimpão (Ítalo), Marco Túlio (Iury), Dellatorre e Silvinho (Bruno Mota). Técnico: Mozart.

Futebol