PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2020

Volpi salva nos pênaltis, e São Paulo elimina Fortaleza na Copa do Brasil

Do UOL, em São Paulo (SP)

25/10/2020 22h54

Classificação e Jogos

São Paulo e Fortaleza empataram por 2 a 2 na noite de hoje (25), no estádio do Morumbi. Nas penalidades, o time comandado por Fernando Diniz venceu por 10 a 9, após Tiago Volpi defender penalidade de Gabriel Dias e o defensor Léo marcar para o time mandante. Sendo assim, o Tricolor Paulista avança às quartas de final da Copa do Brasil pela primeira vez desde 2015, ano em que caiu na semifinal para o Santos.

Os dois gols do Tricolor Paulista foram marcados por Brenner; David e Roger Carvalho empataram para o time cearense.

Agora, o São Paulo se prepara para enfrentar o Lanús (ARG), pela Copa Sul-Americana, na quarta-feira (28), às 19h15 (de Brasília), no estádio Ciudad de Lanús. Já o Fortaleza volta a campo só no próximo sábado (31), contra o Fluminense, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Castelão, às 21h.

Penalidades

Juninho (FOR) - O x O - Reinaldo (SAO)
Wellington Paulista (FOR) - O x O - Tchê Tchê (SAO)
Bruno Melo (FOR) - O x O - Daniel Alves (SAO)
Marlon (FOR) - O x O - Pablo (SAO)
Max Walef (FOR) - O x O - Vitor Bueno (SAO)
Yuri César (FOR) - O x O - Tiago Volpi (SAO)
Paulão (FOR) - O x O - Bruno Alves (SAO)
Osvaldo (FOR) - O x O - Arboleda (SAO)
Roger Carvalho (FOR) - O x O - Diego Costa (SAO)
Gabriel Dias (FOR) - X x O - Léo (SAO)

O melhor: Volpi salva no tempo normal e nas penalidades

O goleiro do São Paulo já havia ajudado a equipe a manter a vantagem no placar quando o jogo estava 1 a 0 para o São Paulo com ao menos três defesas importantes. A cereja do bolo veio nos pênaltis, quando ele converteu sua penalidade e pegou o pênalti de Gabriel Dias.

O pior: Paulão perde no alto nos dois gols do São Paulo

O zagueiro do Fortaleza teve participação direta nos dois gols do Tricolor Paulista. No primeiro tempo, ele perdeu no alto para Igor Gomes, que conseguiu dar uma assistência para Brenner. Na etapa final também perdeu pelo alto para Bruno Alves, e a bola sobrou para o artilheiro da noite, que não perdoou.

Luan recua e libera laterais do São Paulo

Quando o São Paulo tinha a bola e precisava propor o jogo, o volante Luan recuava entre os dois zagueiros e liberava Tchê Tchê e Reinaldo para darem mais amplitude para a equipe. Dessa forma, o time teve mais criatividade para trabalhar a bola no campo de ataque e envolver o time cearense. Com a vantagem conquistada no início da partida, o time teve mais tranquilidade para trocar passes ao longo da primeira etapa.

Fortaleza aposta no contra-ataque

O técnico Rogério Ceni armou o Fortaleza com duas linhas de quatro e apenas Romarinho e David mais a frente, mas todos no campo de defesa esperando o erro do São Paulo. O lateral direito Tinga foi colocado na linha do meio-campo para frear as investidas do Tricolor Paulista com Reinaldo. O Leão do Pici teve dificuldades para sair jogando por causa da marcação do time da casa e era obrigado a se livrar da bola durante o primeiro tempo.

Alterações fazem Fortaleza dominar segunda etapa

Para a volta após o intervalo, o técnico Rogério Ceni promoveu a entrada do atacante Yuri César no lugar do meio-campista Ronald. O atacante que veste camisa 57 deu mais velocidade à equipe e deixou pelo menos três vezes seus companheiros na cara do gol - em uma oportunidade, David completou para o fundo da rede.

Cronologia do jogo

Aos 10 minutos do primeiro tempo, Daniel Alves cobrou escanteio no meio da área, a defesa do Fortaleza cortou mal a bola, e ela continuou viva dentro da área. O meia Igor Gomes ganhou de Paulão pelo alto e a bola chegou a Brenner. O atacante dominou e de voleio abriu o placar.

No segundo tempo, aos 26, o São Paulo ampliou com o artilheiro da noite: Brenner. Gabriel Sara ganhou dividida pelo lado direito e cruzou a bola na área. O zagueiro Bruno Alves dividiu a bola no alto com Paulão, e ela sobrou para Brenner. O atacante pegou de primeira e marcou outro belo gol.

Aos 35 do segundo tempo, o zagueiro Diego Costa saiu jogando errado e entregou a bola de presente para Yuri César. O camisa 57 serviu David, que dominou e bateu na saída de Volpi para descontar.

O Fortaleza chegou ao empate aos 46 do segundo tempo com Roger Carvalho. O meio-campista Juninho fez cruzamento milimétrico para o zagueiro, que subiu sozinho e cabeceou no canto, sem chance alguma para Volpi.

Ceni segue sem vencer o São Paulo

Rogério Ceni enfrentou o São Paulo pela quinta vez desde que deixou o clube, em 2017. O treinador perdeu nas três primeiras oportunidades - todas pelo Campeonato Brasileiro (duas em 2019 e uma em 2020). Nesta edição da Copa do Brasil, foram dois empates: um 3 a 3 no jogo de ida das oitavas de final e um 2 a 2 na volta.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 (10) x (9) 2 FORTALEZA

Motivo: volta das oitavas de final da Copa do Brasil 2020
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 25 de outubro de 2020 (domingo)
Horário: às 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes do VAR: Vinicius Gomes do Amaral (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Cartões amarelos: -
Gols: Brenner, para o São Paulo, aos 10 minutos do primeiro tempo e aos 26, do segundo tempo; David, para o Fortaleza, aos 35 do segundo tempo e Roger Carvalho, para o Fortaleza, aos 46 do segundo tempo.

São Paulo: Tiago Volpi; Tchê Tchê, Bruno Alves, Diego Costa e Reinaldo; Luan, Gabriel Sara (Léo), Daniel Alves e Igor Gomes (Arboleda); Luciano (Pablo) e Brenner (Vitor Bueno). Técnico: Márcio Araújo (auxiliar).

Fortaleza: Max Walef; Gabriel Dias, Roger Carvalho, Paulão e Bruno Melo; Felipe (Igor Torres), Juninho, Ronald (Yuri César) e Tinga (Osvaldo); David (Wellington Paulista) e Romarinho (Marlon). Técnico: Rogério Ceni.