PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Galvão defende Luxa após vitória do Palmeiras: 'Coisa louca falar em crise'

Vanderlei Luxemburgo, treinador do Palmeiras - Cesar Greco
Vanderlei Luxemburgo, treinador do Palmeiras Imagem: Cesar Greco

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/10/2020 15h57

Classificação e Jogos

Depois da goleada do Palmeiras sobre o Bolívar-BOL por 5 a 0, ontem, pela Copa Libertadores da América, Galvão Bueno defendeu o trabalho do treinador Vanderlei Luxemburgo do time alviverde. O narrador entende que algumas críticas ao técnico palmeirense têm sido exageradas pelos resultados apresentados até aqui na temporada.

Galvão argumentou que sob o comando de Luxemburgo, o Palmeiras voltou a ganhar o título estadual após doze anos de jejum, tem uma longa invencibilidade - dezenove jogos -, e está classificado para a próxima fase da Libertadores com a melhor campanha geral até a quinta rodada.

Diante do cenário descrito, Galvão afirmou que discutir uma possível crise no Palmeiras ou se Luxemburgo está ultrapassado é 'a coisa mais louca'.

"O Luxemburgo trouxe o título do Campeonato Paulista depois de doze anos e é o maior campeão da competição. O time está invicto há dezenove jogos. Está brigando pelo título e vai brigar pelo título no Campeonato Brasileiro. Está classificado e tem a melhor campanha da Libertadores - e tudo para garantir essa melhor campanha", defendeu Galvão em participação no Seleção SporTV, hoje.

"E nós estamos aqui discutindo se o técnico é antiquado, superado ou se o Palmeiras está em crise. Que coisa mais louca!", acrescentou.

Com a vitória de ontem, o Palmeiras soma treze pontos no Grupo B da Copa Libertadores da América. O time alviverde é o líder da chave, seguido por Guaraní-PAR, que tem sete pontos, Bolívar, que tem quatro, e Tigre-ARG, que tem um.

Palmeiras