PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Leila Pereira critica adiamento de jogo do Palmeiras e cobra igualdade

Leila Pereira critica adiamento de jogo do Palmeiras - Reprodução/Twitter
Leila Pereira critica adiamento de jogo do Palmeiras Imagem: Reprodução/Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/09/2020 19h02

Classificação e Jogos

Patrocinadora e conselheira do Palmeiras, Leila Pereira se revoltou com o adiamento do jogo contra o Flamengo pelo Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRF-RJ). Em suas redes sociais, ela defendeu que o Rubro-Negro deve seguir o exemplo de outros clubes, substituir os atletas com covid-19 e entrar em campo pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar do alto número de infectados do Flamengo (33 entre jogadores, membros da comissão técnica, departamento de futebol e dirigentes), o Palmeiras sempre se posicionou a favor da realização da partida inicialmente marcada para amanhã, às 16h, no Allianz Parque.

"Quero dividir com vocês a minha revolta com relação à suspensão do jogo do Palmeiras. Eu acho que regra tem que ser igual para todos os clubes. Muitos times jogaram desfalcados por causa deste vírus, e nem por isso pediram a suspensão ou cancelamento do jogo. Então, a regra tem que ser igual para todo mundo", afirmou Leila em vídeo publicado em seu Twitter.

"Essa liminar, se não for cassada, vai criar um precedente perigosíssimo para o Campeonato Brasileiro. Eu espero de coração que se consiga cassar essa liminar, isso para o bem do Campeonato Brasileiro, e por questão de justiça com os outros clubes, que jogaram com este problema e enfrentaram de frente. Não se pode tratar clubes de forma diferente", completou.

Palmeiras