PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Bastidores: Atlético-MG evita confraternização após taça devido à pandemia

Réver, capitão do Atlético-MG, ergue a taça de campeão mineiro após final com o Tombense - Divulgação
Réver, capitão do Atlético-MG, ergue a taça de campeão mineiro após final com o Tombense Imagem: Divulgação

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

01/09/2020 12h00

Classificação e Jogos

O Atlético-MG evitou fazer uma confraternização após o título do Campeonato Mineiro 2020, o primeiro da gestão Sérgio Sette Câmara, por causa da pandemia do novo coronavírus. Não houve a tradicional reunião entre membros da cúpula, comissão técnica e elenco após o jogo contra o Tombense, no último domingo (30), no Mineirão.

Alguns jogadores decidiram fazer uma reunião informal após a conquista do torneio estadual. O encontro foi uma iniciativa dos próprios atletas pela celebração da taça e não contou com a presença de dirigentes ou integrantes da equipe de Jorge Sampaoli.

O Atlético foi campeão mineiro pela primeira vez desde 2017. Nos últimos dois anos (2018 e 2019), o time ficou com o vice-campeonato diante do arquirrival Cruzeiro.

Atlético-MG