PUBLICIDADE
Topo

Torcidas do Rio mudam local de protesto para evitar bolsonaristas

Rubro-negros realizaram manifestação contra Bolsonaro em Copacabana, no domingo - Reprodução/Twitter
Rubro-negros realizaram manifestação contra Bolsonaro em Copacabana, no domingo Imagem: Reprodução/Twitter

Adriano Wilkson

04/06/2020 14h24

Classificação e Jogos

O coletivo "Torcedores pela Democracia" que fez parte de um protesto na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, no último domingo (30), resolveu mudar o local de seu próximo ato, no dia 7, para o centro da cidade. A ideia é evitar o encontro com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que costumam se reunir na praia.

Os torcedores vão protestar contra o racismo e pela democracia e esperam se juntar a militantes do movimento negro que devem estar na região central. O ponto de encontro será ao lado da estátua de Zumbi dos Palmares.

"Achamos que Copacabana não é um local seguro para se manifestar. No centro, teremos segurança, é um local aberto, amplo, visível, tem pouco carro na pista, dá para desviar o trânsito. É muito mais tranquilo ali", afirmou Ronaldo Tavares, servidor público de 40 anos, que faz parte do coletivo.

O "Torcedores pela Democracia" agrega associações de esquerda de torcedores de América, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco. No domingo passado, um protesto em Copacabana, foi dispersado pela Polícia Militar com bombas. "Pedimos que a polícia nos trate sem preconceito, com atenção e respeito", afirmou Tavares.

Siga o UOL Esporte no

Futebol