PUBLICIDADE
Topo

Franceses confirmam fim da temporada e se reunirão para definir campeonato

Campeonato Francês não será encerrado e o PSG lidera a competição  - Franck Fife/AFP
Campeonato Francês não será encerrado e o PSG lidera a competição Imagem: Franck Fife/AFP

Do UOL, em Porto Alegre

28/04/2020 16h23

Classificação e Jogos

A Federação Francesa de Futebol (FFF) e a Liga de Futebol da França (LFP) confirmaram o encerramento da temporada, definido após manifestação do primeiro-ministro Edouard Philippe, hoje. Em discurso na Assembleia Nacional, ele definiu que as competições esportivas não poderão ser retomadas até setembro. Campeão, vagas para competições continentais e rebaixamento ainda serão decididos.

"Nenhum evento esportivo com mais de 5 mil pessoas será realizado até setembro", disse. E ainda acrescentou que a temporada do futebol, paralisada em março, não poderá ser retomada.

Em nota oficial, a Federação Francesa de Futebol (FFF) disse que irá definir nos próximos dias, após reunião e novas orientações do governo, a preparação para temporada 2020/2021, além de informar as definições da temporada 2019/2020, como campeão, vagas na Liga dos Campeões e rebaixamento. A decisão vale para masculino e feminino. A entidade confirma que seguirá as orientações do governo.

O mesmo vale para a Liga de Futebol da França (LFP), que também se manifestou no mesmo sentido, acrescentando que sua reunião ocorrerá no dia 30 de abril. A LFP disse que "seguirá rigorosamente as instruções do governo e das autoridades de saúde",

Quando paralisado, na 28ª rodada, o campeonato francês apontava o PSG na liderança com 68 pontos, o Olympique de Marselha em segundo com 56 pontos e um jogo a mais (28 contra 27 do PSG), o Rennes em terceiro com 50 e o Lille em quarto com 49. Rennes e Lille disputavam ponto a ponto vaga na Liga dos Campeões.

O Nice, quinto colocado com 41 pontos, ainda sonhava com a chance de ir para Liga Europa.

Já no rebaixamento, Nimes, com 27 pontos, era o primeiro na linha de queda, mas ainda de olho no Dijon, com 30 pontos. Amiens, com 23 era penúltimo e o Toulouse, com 13, já tinha destino praticamente definido na segunda divisão.

O dono do Paris Saint-Germain, que ainda disputa a Liga dos Campeões, aceitou a possibilidade de atuar apenas no exterior para concluir a edição desta temporada do torneio.