PUBLICIDADE
Topo

Acusado de abuso sexual, árbitro é preso durante partida na Argentina

O árbitro foi preso durante uma partida na Argentina - Reprodução
O árbitro foi preso durante uma partida na Argentina Imagem: Reprodução

Do UOL

Em São Paulo

10/01/2020 16h48

Um homem acusado de sequestar e abusar de uma jovem 41 vezes foi preso nessa semana. Néstor Fabián Giuliani era árbitro e a prisão foi feita durante uma partida de futebol em Ciudad Oculta, Villa Lugano, na Argentina.

A investigação começou quando a vítima, que não teve o nome divulgado, identificou o suspeito em um vídeo que viralizou nas redes sociais, em que ele assaltava um açougue em outra cidade argentina.

Na denúncia, a vítima contou que foi sequestrada em várias oportunidades e, nessas situações, Néstor realizava os abusos. Além disso, ela afirmou que o acusado a soltava na sequência dos atos e ameaçava matar sua família caso contasse algo. Essa situação se repetiu por diversas vezes.

O homem, que passou 25 dos seus 55 anos preso, já respondeu por uso de armas e até um homicídio.

Esporte