Topo

Série C - 2019


STJD marca julgamento de pedido de impugnação do Paysandu para sexta-feira

Árbitro Leandro Vuaden durante o jogo entre Náutico e Paysandu - Caio Falcao/AGIF
Árbitro Leandro Vuaden durante o jogo entre Náutico e Paysandu Imagem: Caio Falcao/AGIF

Do UOL, em Santos (SP)

16/09/2019 19h15

Resumo da notícia

  • Julgamento do pedido de impugnação do Papão acontece a partir das 11h de sexta-feira (20)
  • Paysandu reclama do pênalti marcado por Leandro Vuaden no fim do jogo contra o Náutico
  • Com a penalidade, Náutico empatou o jogo e depois venceu a disputa por pênaltis, conquistando o acesso
  • Paysandu alega que a penalidade marcada mostra que Vuaden desconhecia as regras do jogo

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) agendou para a próxima sexta-feira (20), às 11h (de Brasília), o julgamento do pedido de impugnação de partida feito pelo Paysandu.

No documento enviado ao tribunal, o clube do Pará destaca 'a marcação de um pênalti inexistente marcado pelo árbitro Leandro Pedro Vuaden a favor do Náutico aos 49min do segundo tempo'.

A penalidade em questão resultou no empate por 2 a 2 e no acesso do time pernambucano para a Série B após vitória na disputado por pênaltis - em jogo disputado nos Aflitos, no dia 8 de setembro.

No lance, o árbitro Leandro Vuaden viu toque de mão de Uchôa após cabeceio de seu colega Caíque Oliveira, ambos do Paysandu.

No entendimento do Paysandu, o lance foi absolutamente normal, e Vuaden aplicou penalidade máxima de forma a mostrar que desconhecia o novo entendimento da Regra 12 do Jogo, que fala sobre mão na bola e lista como exceção as infrações de toque "se a mão ou braço estiver perto do corpo e não faça o corpo artificialmente maior".

O presidente do STJD, Paulo César Salomão Filho, recebeu o pedido do Paysandu na última sexta-feira (13) e determinou a não homologação da partida. Porém, negou a paralisação da Série C do Campeonato Brasileiro.

Mais Série C - 2019