PUBLICIDADE
Topo

Grêmio não recebeu nenhuma proposta por Everton Cebolinha: "Um absurdo"

Everton não recebeu propostas oficiais para deixar o Grêmio, apenas sondagens - Divulgação/Grêmio FBPA
Everton não recebeu propostas oficiais para deixar o Grêmio, apenas sondagens Imagem: Divulgação/Grêmio FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

04/08/2019 04h00

As esperadas propostas por Everton Cebolinha não chegaram. Depois que o Arsenal, da Inglaterra, preferiu a contratação do marfinense Pépé, o Napoli ainda não se movimentou para tentar a chegada do atacante de 23 anos. E a ausência de ofertas surpreende a direção do Grêmio.

"Não tem nada pelo Everton. É um absurdo até, uma coisa absurda, por tudo que jogou na Copa América. Achávamos que iria ter uma enxurrada de propostas, mas nada. Nada, nada até agora. Então, aguardemos", disse o diretor de futebol Deco Nascimento.

Titular da seleção brasileira na conquista da competição continental, o atacante gremista despertou interesse, recebeu uma série de sondagens, mas nenhuma oferta oficial para concretização de acordo. O valor estipulado pelo Grêmio para venda pode explicar isso. O clube quer 40 milhões de euros (R$ 172,6 milhões pela cotação atual) pela sua fração nos direitos econômicos do atleta, 50%.

Conforme informou o UOL Esporte, o Arsenal estava disposto a firmar tal oferta. Mas fechou com o marfinense Nicolas Pépé e ocupou a lacuna que seria de Everton no elenco. A janela de transferências para a Inglaterra se fecha na próxima quinta-feira.

O Napoli, da Itália, segue na corrida. Com janela aberta até o início de setembro, ainda é possível que a oferta oficial chegue nos moldes pretendidos em Porto Alegre. A multa rescisória do jogador passa dos R$ 300 milhões.

A falta de ofertas até então surpreendeu o Grêmio, que já imagina a permanência para conclusão da temporada. Everton disputou 31 jogos e marcou 11 gols neste ano.

O Grêmio encara a Chapecoense, segunda-feira, pelo Brasileiro.

Grêmio