PUBLICIDADE
Topo

O curioso caso dos loiros campeões da Copa América. Agora foi Cebolinha

CARL DE SOUZA/AFP
Imagem: CARL DE SOUZA/AFP

Do UOL, em São Paulo

18/07/2019 11h45

Um fenômeno curioso está atingindo os campeões da Copa América. Desde que levantaram a taça no Maracanã, um processo de loirização do elenco está em curso. Acha que é teoria da conspiração? Então vem comigo.

Primeiro foi Paquetá, que, do nada, apareceu loiro antes de se apresentar ao Milan.

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Depois, foi Neymar, que foi cortado antes da Copa América, mas foi aos jogos, então a gente considera.

Divulgação/Twitter
Imagem: Divulgação/Twitter

E agora, o processo chegou em Everton Cebolinha, que nem tem muito cabelo.

Reprodução
Imagem: Reprodução

A parte boa é que o Miranda não precisa se preocupar desse processo atingir seus cabelos, né?!

REUTERS/Luisa Gonzalez
Imagem: REUTERS/Luisa Gonzalez

É estranho