Topo

Grêmio põe multa de R$ 343 milhões em lateral destaque na base

Divulgação
Imagem: Divulgação

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

06/07/2019 04h00

O Grêmio renovou contrato de Guilherme Guedes, lateral esquerdo formado nas categorias de base do clube e atualmente no elenco de transição. Além de estender o vínculo até 2023, em movimento que precede a promoção ao elenco principal, o acordo definiu multa rescisória de 80 milhões de euros (R$ 343,3 milhões na cotação atual).

A cifra é específica para clubes do exterior e segue política do Grêmio, que entende ser postura adequada ao mercado.

Aos 20 anos, Guedes tem atuado com frequência no grupo que serve de apoio ao elenco comandado por Renato Gaúcho. A ideia da diretoria é promover o jovem ainda em 2019.

No Brasileiro de Aspirantes, Guilherme Guedes já soma um gol e três assistências.

O nome de Guedes aparece em lista com Guilherme Azevedo e Da Silva como novas promessas a serem exploradas por Renato. Do trio, o meia-atacante é o único que já foi promovido para o dia a dia do elenco principal.

O Grêmio detém 100% dos direitos econômicos de Guilherme Guedes, conforme apurou o UOL Esporte.