PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tabárez valoriza desempenho do Uruguai em tropeço diante de jovens do Japão

Guilherme Hahn/Agif
Imagem: Guilherme Hahn/Agif

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

20/06/2019 23h11

Classificação e Jogos

O Uruguai tropeçou diante do jovem time do Japão, que levou uma base com idade olímpica (sub-23) para disputar a Copa América. Apesar do empate por 2 a 2 na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o técnico Óscar Tabárez valorizou o desempenho da seleção celeste, que disparou 26 finalizações durante os 90min da partida disputada hoje (20) na capital gaúcha.

"Fico com o segundo tempo, porque buscamos o gol por todos os lados. Vi muitas coisas positivas, já que acertamos duas bolas na trave. O Japão foi contundente, porque chegou menos que a gente e fez dois gols. Eles levaram bem a partida", afirmou Óscar Tabárez.

O experiente treinador de 72 anos se baseou no número alto de tentativas ao gol e às reações uruguaias no gramado para sair satisfeito com o desempenho. O Japão esteve em vantagem durante duas vezes, mas acabou concedendo o empate para a equipe sul-americana.

"Lutamos para não perder. Fomos buscar o jogo, mesmo quando as coisas estavam difíceis. Não é fácil se recuperar duas vezes de um resultado negativo e diante de uma equipe muito boa. O Japão jogou muito bem", elogiou o treinador, sem potencializar o tropeço contra os asiáticos.

"Não estou preocupado. Sabe quantos [tropeços] tivemos nestes 13 anos? Eu vou me ocupar. Não há muito tempo, são jogos decisivos e que vamos ver como a gente ficará na tabela. Ainda falta o jogo de amanhã (21) [Chile x Equador]", finalizou Tabárez.

O Uruguai chegou aos quatro pontos e lidera a chave C da Copa América, mas pode ser ultrapassado nesta sexta-feira pelo Chile. O time de Reinaldo Rueda, que goleou o Japão na estreia, encara o Equador e pode alcançar os seis pontos, caso mantenha os 100% de aproveitamento.

Esporte