Topo

Esporte


"Mini Messi" é campeão aos 16 e desperta briga entre Escócia e Inglaterra

Karamoko Dembelé é tratado como fenômeno pelo Celtic e fez a estreia profissional na semana passada - Lee Smith/Getty Images
Karamoko Dembelé é tratado como fenômeno pelo Celtic e fez a estreia profissional na semana passada
Imagem: Lee Smith/Getty Images

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

25/05/2019 04h00

Karamoko Dembelé é adolescente, mas já carrega uma responsabilidade de adulto. Um dos jogadores mais jovens a estrear no futebol profissional ao participar da vitória do último dia 19 contra o Hearts, o atacante campeão escocês pelo Celtic recebeu a alcunha de "Mini Messi" e se encontra em um fogo-cruzado entre a Inglaterra, país em que nasceu, e a Escócia, local onde mora desde um ano de idade.

Nascido em Londres e de origem marfinense, Dembelé é objeto de desejo das duas nações vizinhas. Aos 16 anos, ainda sob o primeiro contrato profissional com o Celtic, o jogador protagoniza uma disputa entre as federações inglesa e escocesa. Ambas preveem um futuro brilhante para o atacante e brigam pela preferência do jovem campeão nacional dentro do futebol de seleções.

CHAMPIONS!!!

A post shared by Karamoko Kader Dembele (@karamoko) on

Dembelé começou a carreira internacional em 2016, defendendo a seleção da Escócia sub-16. Meses depois, treinou com a equipe sub-15 da Inglaterra e representou o país em jogos amistosos. Atualmente, ainda se divide entre os dois países, que brigam para seduzir definitivamente o projeto de craque.

O atacante comparado a Messi pela velocidade e perna esquerda apurada ainda pode defender a Costa do Marfim, país de nascimento dos pais. A federação africana, entretanto, ainda não realizou qualquer movimento mais brusco para tentar convencer o jogador e a família.

Neste cenário, a Inglaterra surge em vantagem, segundo sugere o próprio Karamoko. A revelação postou uma imagem no último dia 24 de abril em que veste o uniforme inglês e afirma estar "ansioso pela próxima temporada com os garotos".

O atacante ficou fora da Euro sub-17 para trabalhar com o elenco profissional do Celtic e acabou presenteado no último jogo da temporada, quando, diante do Hearts, fez a estreia como profissional.

Dembelé é tratado desde o início da adolescência como um fenômeno. A precocidade vem desde as categorias de base com o Celtic, clube que defendeu a divisão sub-20 quando ainda tinha 13 anos. Esta origem e o desempenho acima da média na base gerou o apelido de "mini Messi", dado pela própria torcida do clube.

A estreia no fim da temporada escocesa e o título nacional projetaram o jovem, que deve ganhar mais espaço na próxima temporada. O inglês-escocês-marfinense era preparado para estrear entre os profissionais desde os 15 anos e assinou o primeiro contrato profissional há cinco meses.

First Pro contract???#77

A post shared by Karamoko Kader Dembele (@karamoko) on

A comparação com o Messi surge como severa para um menino de 16 anos, mas Dembelé impressiona pela precocidade. Profissional desde os 15 - nasceu em fevereiro de 2003 - e estreante em um jogo de primeira divisão aos 16, Karamoko tem tudo para chamar mais a atenção da Europa a partir do segundo semestre.

Mais Esporte