Topo

Presidente do CSA recua e segue no cargo após pressão por venda de mando

Torcida do CSA - CSA/Divulgação
Torcida do CSA Imagem: CSA/Divulgação

Do UOL, em Santos (SP)

16/05/2019 14h05

Rafael Tenório continua no comando. Depois de pedir licença do cargo por conta da repercussão ruim pela venda do mando de campo do jogo contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, o presidente do CSA voltou atrás e seguirá no posto.

Rafael Tenório foi bastante criticado, especialmente por torcedores, pela venda de mando de campo do jogo contra o Flamengo, dia 12 de junho, pela nona rodada. O duelo será disputado no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Depois da repercussão ruim, o presidente chegou a planejar 90 dias de férias para esfriar a cabeça e até entregou uma carta de afastamento ao Conselho Deliberativo, mas voltou atrás, de acordo com o clube, 'depois de ouvir a maioria'.

Na terça-feira, o CSA oficializou a venda do mando de campo do jogo contra os cariocas. Rafael Tenório deu entrevista coletiva e justificou a decisão do clube alagoano. "Para o bem do CSA, temos a necessidade de fazer a venda do jogo contra o Flamengo. Então, nós vamos fazer o jogo contra o Flamengo em Brasília, dia 12 de junho", afirmou.

Durante a entrevista, o presidente disse ainda que o CSA não pensa em vender o mando de campo de jogos contra adversários que são concorrentes diretos.

"Tudo nosso aqui é muito planejado, muito discutido. Nós sabemos os dez clubes que nós não temos condições de concorrer com eles diretamente. Nós não podemos pensar em um Flamengo, um Palmeiras, um Grêmio, um Inter, Cruzeiro, Atlético-MG... Nosso grupo qual é? É Avaí, é Fortaleza, é Ceará, é Bahia, é Chapecoense, é Vasco, Botafogo, Fluminense, Goiás.... Então, nós estamos nesse grupo aí. Então, de repente, por exemplo, eu não penso em fazer a venda de um jogo CSA e Vasco, por exemplo. Não vou, porque eu posso trazê-lo para cá e porque é meu concorrente direto para livrar da zona de rebaixamento", acrescentou.

Com três pontos em quatro jogos, sendo três empates e uma derrota, o CSA ocupa a 17ª colocação do Campeonato Brasileiro. O time volta a campo no domingo para encarar o Internacional, no Beira-Rio, pela quinta rodada.

CSA