PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato Gaúcho diz que Grêmio não teve noite feliz: "Peças não funcionaram"

Lucas Uebel/Grêmio
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

13/03/2019 00h52

Renato Gaúcho foi crítico, mas até certo ponto. Depois da derrota para o Libertad, o treinador do Grêmio afirmou que 'peças não funcionaram' no duelo válido pela segunda rodada do grupo 8 da Libertadores. Portaluppi ainda disse que não foi uma noite feliz para a equipe, coletivamente. Mas houve ainda espaço para doses de confiança em recuperação.

Bareiro marcou, nos acréscimos do primeiro tempo, o gol do jogo. Com a derrota por 1 a 0, o Grêmio ainda não venceu na Libertadores e caiu para terceiro no grupo.

"Foi o que eu falei para o grupo, né? Tem dia que é noite. Infelizmente não tivemos uma grande apresentação, não conseguimos furar o bloqueio do adversário. Tivemos bons e maus momentos. No final do primeiro tempo levamos o gol, mas tentamos mudar. Reagir. Criamos uma ou outra situação, tentamos o empate, mas não deu. Tem dia que é noite e foi o que aconteceu hoje", disse Renato Gaúcho.

Mais adiante, o treinador falou espontaneamente do rendimento de alguns titulares. Só faltou dizer quais foram os atletas.

"Hoje, infelizmente, algumas peças nossas não estiveram bem. E quando algumas peças não estão bem, facilita a vida do adversário. Pegamos equipes muito superiores ao Libertad e furamos o bloqueio. Não foi o nosso time. E eles jogaram por uma bola, acharam o gol… Sem tirar os méritos deles. Não fizemos por onde também", declarou o treinador. "Eu não vejo aqui e falo quem joga bem ou não. As peças que não funcionaram bem eu sei, vamos conversar, treinar e acertar. Sempre enalteci esse grupo e vou continuar enaltecendo", completou depois.

O Grêmio volta a campo no domingo, contra o Internacional, pelo Gauchão. Na Libertadores, o próximo jogo é contra a Universidad Católica, em 4 de abril.

Futebol