PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio se anima com Vizeu, mas lamenta possível valor alto para compra

Felipe Vizeu participa de treinamento do Grêmio no CT do clube - Lucas Uebel/Grêmio
Felipe Vizeu participa de treinamento do Grêmio no CT do clube Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

14/02/2019 04h00

O início de Vizeu empolgou o Grêmio. Com dois gols em quatro jogos, 75 minutos em campo, o rendimento anima a comissão técnica, que promete mais oportunidades antes de promover a entrada de Tardelli. E ao mesmo tempo, o bom futebol gera a lamentação pela falta de uma cláusula de compra. 

Por exigência da Udinese, que o emprestou até o fim do ano, não há previsão em contrato de um valor para compra dos direitos ao fim do período, conforme apurou o UOL Esporte. Desta forma, os italianos poderão pedir o preço que bem entenderem pelo jogador em dezembro, o que pode gerar um valor alto em função do desempenho.

Vizeu marcou nas duas últimas partidas que entrou. E mesmo com a perspectiva de contar com Diego Tardelli logo em seguida, o Grêmio pretende dar segurança para que ele desenvolva seu melhor futebol. Até por isso liberou Jael, que se transferiu ao futebol japonês. 

Com 21 anos, Vizeu também seria considerado investimento de futuro. A idade autorizaria, inclusive, nova venda para Europa depois de um período de recuperação do melhor futebol na capital gaúcha. 

Porém, a ausência da cláusula de compra ao fim do empréstimo poderá fazer a pedida da Udinese se basear no rendimento dele. Ou seja, quanto melhor for no Grêmio, mais caro ele irá custar. E a equação pode torná-lo inatingível. 

O Grêmio já gastou alto na contratação de Tardelli, investiu na compra de Juninho Capixaba e mesmo com saídas pontuais tem a folha de pagamento mais elevada do que nos últimos anos. Também por isso precisará dosar novas saídas de verba ao fim da temporada. 

Grêmio