PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras se anima com pontas e tem prazo da comissão para "voar"

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo

28/01/2019 04h00

Após engatar a segunda vitória consecutiva no Paulista, o Palmeiras começa a se animar com o entrosamento de seu elenco. O desempenho de Carlos Eduardo e Felipe Pires animou Felipão, que já colocou até data para ver seu time "voando": dia 15 de fevereiro.

Explica-se: no mês que vem, a equipe jogará apenas quatro partidas em 28 dias e poderá fazer treinos em dois períodos e mais intensos para assimilar os pedidos de Felipão. Embora tenha um número menor de jogos, o Alviverde terá dois clássicos: contra Corinthians, no dia 2, e Santos, no dia 23. Completarão o calendário os duelos contra o Bragantino, no dia 11, e a Ferroviária, no dia 17.

Em janeiro, o time disputou os mesmos quatro jogos em 10 dias, o que reforçou a ideia do técnico de rodar seu time ao máximo. Em três rodadas, ele já usou três goleiros diferentes e testou praticamente todos os inscritos.

"O ideal no aspecto tático, provavelmente, será atingido em um trabalho que a gente imagina ali pelo dia 15 de fevereiro. O que acontece? Vamos ter vários dias para trabalhar. Nós vamos ter um mês de fevereiro com quatro jogos em 28, 29 dias. Vamos ter tempo de trabalhar taticamente e fisicamente e a equipe está pronta no final de fevereiro. Como deveria ser em uma pré-temporada normal", afirmou o comandante.

Carlos Eduardo foi um dos que mais animou o comandante. Depois de ouvir broncas por falta de identidade na segunda rodada, o ponta foi para cima dos adversários do São Caetano e deixou o Anacleto Campanella como um dos melhores em campo.

Outro que recebeu elogios públicos de Felipão foi Felipe Pires, que também chegou para reforçar a mesma posição. Depois de ser elogiado pela velocidade e pelo drible, no domingo, foi a vez de ouvir do treinador que ele sabe cumprir papéis táticos importantes.

Como se não bastasse, a posição ainda tem a opção de usar Dudu, que manteve sua característica de ser "fominha" como foi em 2018. Até aqui, ele atuou nas três partidas de 2019 e já pediu para ser escalado mais uma vez na quarta-feira, contra o Oeste.

Futebol