PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter tem impasse com clube árabe e vai liberar Valdívia para empréstimo

Valdivia voltou do Al-Ittihad, da Arábia Saudida, mas será emprestado novamente - Alexandre Lops/Internacional
Valdivia voltou do Al-Ittihad, da Arábia Saudida, mas será emprestado novamente Imagem: Alexandre Lops/Internacional

Marinho Saldanha

Do UOL, em porto Alegre

03/01/2019 12h05

Valdívia não voltará ao Inter. Mesmo com contrato rescindido com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita, o meia-atacante terá novo destino por empréstimo. E independente de quanto tempo isso demorar, o Colorado vive impasse sobre o salário do atleta. 

Sob a ótica vermelha, a equipe árabe não pode devolver o jogador através do rompimento de empréstimo sem que o dono dos direitos concorde. Foi este o tom da apuração da reportagem do UOL Esporte no primeiro movimento do Al-Ittihad para devolver o atleta. 

Porém, o clube árabe optou por oficializar a saída dele, num processo conduzido junto a Valdívia e seu estafe. Desta forma, o destino natural seria o regresso a Porto Alegre, para cumprimento do contrato até 2020 com Inter. 

O Colorado, por outro lado, entende que não é dele a responsabilidade financeira com o "Poko Pika" até o meio do ano, prazo determinado no vínculo de empréstimo. E assim está criado impasse. 

Enquanto isso, o jogador já trabalha a perspectiva de atuar em outra equipe. Não há uma negociação encaminhada até o momento, mas um novo período emprestado contemplaria os interesses de todos. 

Com 24 anos, Valdívia se destacou pelo Inter principalmente na temporada 2015. No entanto, sofreu uma grave lesão e não manteve o mesmo destaque em 2016. Marcado na campanha do rebaixamento para Série B, o jogador deixou o clube em 2017 cedido ao Atlético-MG. No ano seguinte passou pelo São Paulo e foi liberado ao Al-Ittihad num empréstimo que movimentou 2,5 milhões de euros (R$ 10,7 milhões pela cotação atual). 

Futebol