PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vasco planeja se reforçar utilizando R$ 1 mi de economia com dispensas

Atacante Andrés Ríos não continuará no Vasco na próxima temporada - Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Atacante Andrés Ríos não continuará no Vasco na próxima temporada Imagem: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

17/12/2018 04h00

Andrés Rios, Kelvin, Fabrício, Giovanni Augusto e Lenon. O quinteto que não teve seu contrato renovado com o Vasco renderá uma economia de cerca de R$ 1 milhão por mês. E é com este alívio na folha salarial do elenco que o clube planeja se reforçar para 2019.

A ideia é manter os vencimentos da próxima temporada mais ou menos próximos de como foram este ano. Desta forma, os salários dos reforços, somados, terão que se encaixar mais ou menos dentro deste orçamento.

As primeiras contratações engatilhadas são do lateral esquerdo Danilo Barcelos, do Atlético-MG, e do meia Bruno César, de 30 anos, do Sporting (POR). O Cruzmaltino deverá adquirir Danilo por empréstimo até o fim do ano. No caso do ex-jogador do Corinthians, ainda há conversas sobre a forma de contrato.

O Vasco tem como prioridade ainda a contratação de um lateral direito, que pode ser Raúl Cáceres, do Cerro Porteño (PAR), e mais um meia, que pode ser o volante Jhonny Lucas, de apenas 18 anos, do Paraná. A ideia da equipe de Curitiba é vendê-lo para o exterior, mas caso a transação não aconteça, a tendência é a de que o volante defenda o Cruzmaltino em 2019.

Esporte