PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Barcelona é a melhor equipe da Espanha com sobras, diz Piqué

Piqué minimizou potencial de outras equipes do futebol espanhol -  EFE/ Alejandro García
Piqué minimizou potencial de outras equipes do futebol espanhol Imagem: EFE/ Alejandro García

Do UOL, em São Paulo

24/08/2016 09h01

O zagueiro Gerard Piqué é conhecido por sua postura provocativa em relação aos rivais, especialmente se forem Atlético de Madrid e Real Madrid, clubes da capital espanhola. E, ao avaliar o atual elenco do Barcelona, o atleta deu mais uma declaração polêmica.

Em entrevista concedida durante um evento realizado por uma empresa de poker, o atleta ressaltou que a equipe está pronta para brigar pelo título da Liga dos Campeões nesta temporada após conquistar a última edição do Campeonato Espanhol. E, ao avaliar o potencial do Barça, o atleta alfinetou os outros clubes.

“Nosso objetivo é ganhar títulos. Claro que a Champions é muito importante porque tem mais prestígio, mas levamos dois anos ganhando o Espanhol e a Copa. É algo muito importante porque demonstramos, com sobras, que somos a melhor equipe deste país e com vantagem. Dois ‘dobletes’ consecutivos não se conquistavam há muitos anos. Isto significa que somos os rivais a serem batidos com sobra”, declarou o zagueiro.

Ainda segundo o atleta, os reforços contratados para a atual temporada servirão para tornar a equipe ainda mais competitiva e apta a conquistar os objetivos traçados no início da campanha.

“Contratamos bons jogadores, são jovens e chegam para competir por um lugar dentro do plantel, assim o treinador terá mais opções para cada posição. Isso também é bom para a equipe por duas razões: primeiro para caso aconteçam lesões, e também para que haja maior competição entre os atletas, subindo o nível da equipe”, avaliou Piqué.

Por fim, Piqué comentou o período a mais de descanso que o atacante Neymar recebeu após disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. De acordo com Piqué, a situação é justa, já que o atleta competiu no torneio e acabou se desgastando mais do que os colegas, que realizavam apenas amistosos de pré-temporada.

“Competir em casa traz uma grande pressão por vitória, mas Neymar está acostumado a isso por jogar em um grande clube como o Barcelona, que tem essa obrigação de ganhar. Ele demonstrou porque é um dos melhores do mundo ao marcar o pênalti decisivo. Está muito feliz e virá com muita ambição. Ganhou estas férias depois de um campeonato tão duro, em que não começaram muito bem e precisaram que trabalhar bastante para conquista-lo. Ainda virão mais partidas pela sua seleção, então foi uma boa decisão”, concluiu Piqué.

Futebol