PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Família revela que Tite usou faixa na cabeça quando bebê para não ficar 'cabeçudo'

Dona Ivone, mãe de Tite, batizou filho com nome de São Leonardo Murialdo  - Bruno Thadeu/UOL
Dona Ivone, mãe de Tite, batizou filho com nome de São Leonardo Murialdo Imagem: Bruno Thadeu/UOL

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

26/12/2012 06h00

O parto de Tite foi dramático. O treinador nasceu desacordado e roxo, em 1961, chorando somente minutos depois que o pai Genor interveio, sacudindo o bebê. Passado o susto no nascimento, veio outra preocupação. Os pais decidiram colocar uma faixa em torno do rosto de Tite nos dois primeiros anos de vida para corrigir possíveis deformações na cabeça.

Existia o receio por parte dos pais de que Tite ficasse 'cabeçudo', relatou Miro Bachi, irmão mais novo de Tite.

“Foi um parto muito perigoso. A minha mãe dizia que a cabeça do Tite não estava formada direito. Meus pais decidiram colocar uma faixa para ‘acertar’ a cabeça dele. Na época eles entendiam que isso iria deixar a cabeça dele certinha e evitar que o Tite ficasse cabeçudo”, sorriu Miro.

A gravidez de Ivone Bachi, mãe do treinador, a colocou em risco de morte. Ela passou os últimos três meses da gestação sem poder levantar da cama devido a dores insuportáveis. O temor em perder o filho durante a gravidez era grande.

Os pais de Tite então decidiram que caso ele nascesse com vida, o menino levaria o nome de São Leonardo Murialdo. Tite nasceu com saúde, sendo batizado posteriormente como Adenor Leonardo Bachi.

“Pedi tanto para São Leonardo Murialdo que o Ade [Tite] nascesse bem”, conta dona Ivone.

“Minha mãe sofreu demais na gestação do Ade [Tite]. Ela não conseguia andar, era acompanhada o tempo inteiro pelo meu pai. Não sabia ao certo se era um problema na bolsa aminiótica. O Leonardo no nome dele é em função a São Leonardo Murialdo”, comenta Beatriz Bachi, irmã de Tite, três anos mais velha em relação ao treinador.

PRIMEIRO TÍTULO NA CARREIRA DE TITE TINHA CÁSSIO COMO 'MASCOTE'

Futebol