Topo

Esporte


Figo se une a Felipão e Gabriel O Pensador, e lança projeto no Brasil

Idealizador do projeto, Figo (dir.) participa do evento realizado em Madri no ano de 2011 - Divulgação
Idealizador do projeto, Figo (dir.) participa do evento realizado em Madri no ano de 2011 Imagem: Divulgação

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/01/2012 06h06

Eleito o melhor do mundo pela Fifa em 2001, o ex-jogador português Figo pegou carona na exposição do Brasil em razão da Copa do Mundo de 2014, e resolveu desembarcar no país o projeto “Dream Football”, criado para dar oportunidades aos novos talentos através do envio de vídeos via internet. Em cerca de três meses, um evento com a presença do ex-craque será realizado para anunciar oficialmente a iniciativa.

  • Divulgação

    Figo atende um dos talentos na última cerimônia do projeto realizada em Madri no final do ano passado

  • Junior Lago/UOL

    O cantor Gabriel, O Pensador, será importante na divulgação do projeto e contato entre os clubes

O projeto tem como padrinhos o cantor Gabriel, O Pensador, e o técnico Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras, que faz parte do corpo de observação técnica. O objetivo é promover aos jogadores de comunidades carentes a inclusão social e dar oportunidades em clubes de médio e grande porte, conforme já aconteceu em 178 países.

São nove clubes parceiros para testes com os talentos aprovados pela comissão julgadora: Internazionale de Milão (ITA), Grêmio (BRA), Sevilla (ESP), Sporting (POR), Avaí (BRA), FK Austria Wien (AUS), Deportivo Tachira (VEN) e Al-Hilal (SAU). Os interessados podem enviar os vídeos para o site (www.dreamfootball.com). Os mesmos serão assistidos semanalmente pelos envolvidos para a confecção do relatório aos clubes parceiros.

“É muito interessante ver que antes de lançar o projeto já realizamos os sonhos de vários garotos brasileiros. Um exemplo é a nossa cerimônia global 'Dream Football Awards'. No ano passado, fizemos em Madri. Os 10 melhores viajaram de Portugal, França, Brasil, Venezuela e Espanha. Eles ficaram instalados no centro de estágio da seleção espanhola e entreguei o prêmio ao melhor do ano. Também conheceram o técnico Vicente Del Bosque e foram observados por olheiros do Real Madrid, Inter de Milão, Manchester United, Chelsea, Manchester City, Benfica, Sporting de Portugal e Atlético de Madrid”, comentou o português Figo, seguido por Daniel Bras, diretor do projeto nas Américas.

“O projeto foi construído em 2009. É uma coisa global. Está aberto desde o primeiro dia ao Brasil e qualquer garoto pode participar. A Copa do Mundo é importante para a nossa presença, mas não engloba o único motivo. O Brasil é um berço de talentos, porém, existem muitos problemas sociais. Melhorar um pouco essa questão é um dos nossos objetivos”, completou.

Figura importante na iniciativa de Figo, o cantor Gabriel, O Pensador, terá o papel de fazer o meio de campo entre clubes e novos talentos. Como possui projetos sociais em algumas comunidades, Gabriel foi considerado pelos organizadores uma peça-chave.

“Vamos fazer uma rede e proporcionar oportunidades para o início de carreira em alguns clubes do Brasil. Será útil para todos. Nenhum garoto terá obrigação comigo, Felipão ou Figo. Vamos avaliá-los e abrir possibilidades. O meu papel é mais para ampliar a rede de relacionamentos com os novos atletas”.

GAROTO FRANCÊS MOSTRA HABILIDADE E PARTICIPA DO PROJETO DE LUIS FIGO

Esporte