PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Clube inglês bane torcedor que postou comentários racistas no Twitter dos estádios

Das agências internacionais

Em Londres (ING)

01/06/2011 08h13

Um comentário racista no Twitter foi o suficiente para que Luke O’Donoughe fosse banido pelo seu próprio clube. O jovem de 22 anos criticou a contratação de um jogador trinitino pelo Everton, causou polêmica na internet e irritou o Norwich City, seu time de coração, que fechou as portas de seu estádio para o fã preconceituoso.

O comentário sobre o atacante James Vaughan, de Trinidad e Tobago, está causando polêmica na Inglaterra, já foi retirado do serviço de micro-blog e está sendo investigado pela polícia local. O Norwich, no entanto, antecipou-se à decisão oficial e proibiu a entrada de O’Donoughe em seu estádio.

Em pronunciamento oficial, David McNally, diretor-executivo do clube, disse que a entidade “não tolera nenhum tipo de racismo”. Os dirigente da campanha “Kick it Out”, que combate o racismo no futebol inglês, mostrou apoio à postura dos dirigentes.

Os comentários de O’Donoughe, que não tiveram o conteúdo exato revelados, irritaram também o ex-jogador Mark Bright, que criticou o torcedor na internet.
 

Esporte