PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Covid-19: 12% dos jogadores dizem que clubes mentiram para cortar salários

Fernando Moreno/AGIF
Imagem: Fernando Moreno/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo e no Rio de Janeiro

26/05/2020 04h00

Além de questionar sobre a volta do futebol, a pesquisa realizada pela Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf) também questionou os jogadores sobre os cortes de salário feitos pelos clubes. Dos 734 atletas ouvidos, cerca de 12% afirmaram que seus clubes mentiram e descumpriram acordos e combinados para aplicarem cortes salariais em virtude da pandemia do novo coronavírus. Outros 14% disseram que os dirigentes aplicaram os cortes de forma unilateral, sem abrir antes nenhum tipo de diálogo.

O saldo geral da pesquisa é, entretanto, positivo: 62% dos atletas afirmam que seus clubes foram transparentes e, através do diálogo, chegaram a um consenso sobre os cortes salariais. Os 12% restantes afirmam que as negociações seguem de forma multilateral com suas equipes, mas ainda não há consenso. A pesquisa foi realizada em parceria com a consultoria Esporte Executivo, e ouviu jogadores de todos os estados e divisões do futebol brasileiro, masculinos e femininos. (Por Pedro Lopes)

UOL de Primeira