Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Torcedor que xingou Bolsonaro seguirá em camarote por medo de retaliação

Rogério Lemes (e) acompanhará jogos do Corinthians no camarote presidencial em Itaquera, ao lado de Andrés Sanchez (d) - Divulgação
Rogério Lemes (e) acompanhará jogos do Corinthians no camarote presidencial em Itaquera, ao lado de Andrés Sanchez (d) Imagem: Divulgação
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

09/08/2019 04h00

Rogerio Lemes Coelho, o torcedor que foi detido na Arena Corinthians por xingar o presidente Jair Bolsonaro, seguirá assistindo aos jogos do Timão no camarote do estádio. Segundo apurou a De Primeira, ele foi convidado pelo presidente do Alvinegro, Andrés Sanchez, para ver os próximos quatro jogos no local, pois está com medo de retaliação dos policiais.

Mesmo assim, o advogado do torcedor estuda entrar com uma ação pedindo esclarecimentos ao Corinthians sobre o que eles chamam de "sala do terror" na Arena, local em que Rogerio alega ter sofrido agressões. O clube diz que está à disposição para responder. O torcedor ainda pedirá na Justiça afastamento dos policiais e indenização. (Por Samir Carvalho)

UOL de Primeira