PUBLICIDADE
Topo

Rússia

Russos de SP celebram vitória com shots de vodka e música típica

Adriano Wilkson

Do UOL, em São Paulo

01/07/2018 15h15

Classificação e Jogos

A comunidade russa de São Paulo fechou uma pequena rua no bairro da Vila Zelina, zona leste da cidade, que concentra imigrantes e descendentes do leste europeu. Cerca de cem pessoas acompanharam em três televisores a vitória nos pênaltis da Rússia sobre a Espanha, depois de um empate em 1 a 1 no tempo normal.

- Veja os gols da partida entre Rússia e Espanha

Vestido com roupas de camponeses russos, eles abriram um bandeirão com as cores do país, dançaram e cantaram músicas típicas. Daniel Pasicznik, diretor de uma companhia de dança folclórica e neto de um russo fugido da revolução bolchevique, distribuía doses da vodka Zubrovka, de fabricação artesanal.

"Meu avô trouxe a receita da Rússia, depois de uma viagem que durou cinco anos", contou ele, vestido como um camponês siberiano, a despeito da ensolarada manhã paulistana. Além da vodka, sua família vendia lanches típicos, como pão preto com pepino. A pizzaria da família Klestoff, toda enfeitada com bandeiras da Rússia e do Brasil, ofereceu pizza quadrada e sanduíches aos torcedores. A tensão e a torcida perduraram durante o jogo inteiro e atingiram seu ápice quando a seleção anfitriã do Mundial venceu nos pênaltis.

Torcedor vodka Rússia - Adriano Wilkson/UOL - Adriano Wilkson/UOL
Imagem: Adriano Wilkson/UOL

A rua fechada vibrou com os gritos de "Rússia, Rússia", nome pronunciado com o sotaque original do leste europeu. Os torcedores mais animados caíram na dança típica, enquanto outros acenderam dispositivos de fumaça. Muitos tomaram shots de vodka para celebrar a classificação.

"Mesmo tendo nascido aqui, estou torcendo mais pela Rússia do que pelo Brasil", disse Rafael Klestoff, animado com a classificação. "Foi zebra, mas que a zebra continue."

Casal trajes russos - Adriano Wilkson/UOL - Adriano Wilkson/UOL
Imagem: Adriano Wilkson/UOL

Rússia