PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Rafaella atende pedido do irmão e vira "a paz" de Neymar na Copa do Mundo

Nas redes sociais, Neymar e Rafaella não escondem o amor de um pelo outro - Reprodução/Instagram/neymarjr
Nas redes sociais, Neymar e Rafaella não escondem o amor de um pelo outro Imagem: Reprodução/Instagram/neymarjr

Danilo Lavieri, Dassler Marques, João Henrique Marques, Pedro Ivo de Almeida e Ricardo Perrone

Do UOL, em Sochi (Rússia)

29/06/2018 20h58

Classificação e Jogos

No hotel da seleção brasileira em Sochi, na Rússia, Neymar sai do espaço reservado e circula pela área de hóspedes, na mira de torcedores e caçadores de selfies. Por lá, a pedido dele, está a irmã Rafaella Santos, de 22 anos. É com ela que o jogador passa horas de folga em busca de calma durante a Copa do Mundo. 

Veja a tabela completa, as datas e as chaves das oitavas de final
Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final 
Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

A relação de Neymar com a irmã é de grande proximidade. Na programação inicial, a passagem de Rafaella por Sochi seria em um hotel a cerca de 4 km do resort em que a seleção está hospedada. A situação, no entanto, foi revista quando ela perdeu o primeiro jogo do Brasil, contra a Suíça, por um problema de saúde. O camisa 10 da seleção fez questão que ela estivesse por perto. 

Foi uma virose que tirou Rafaella da viagem com os pais para o começo da Copa. O incidente, claro, assustou Neymar, que viu suas mensagens diárias de WhatsApp ficarem sem respostas imediatas. Sinal de que algo não estava bem, relataram os mais próximos do jogador.

“Meu amor, queria estar com você e a nossa família, mas infelizmente não vou poder. Vou melhorar e ir correndo ver vocês. Amo você, Neymar Jr!", postou  Rafaella, antes da estreia contra a Suíça, em sua conta no Instagram, usando uma foto em que Neymar aparece comemorando um gol.

Neymar é visto pela família como um irmão protetor. A preocupação do jogador foi grande pelo fato de Rafaella ter sofrido luxação no ombro em acidente durante a comemoração de um dos gols do Brasil contra a Costa Rica. No hotel, seu pedido foi para que o médico da seleção, Rodrigo Lasmar, a ajudasse.

Foi iniciativa dele não deixar a irmã solitária em Sochi. Quando o pai viajou a Moscou e a mãe a Barcelona, para buscar Davi Lucca, o filho do jogador, a preocupação de Neymar foi a de visitar o quarto de Rafaella com frequência.

A irmã viajou acompanhada da melhor amiga, mas apareceu cabisbaixa por conta da lesão sofrida no ombro. Para o jogador, relatam os amigos, foi fundamental o esforço feito para estar no jogo do Brasil contra a Sérvia, em Moscou.

Rumo à Rússia, assim que recuperada para acompanhar a Copa do Mundo, Rafaella Santos fez a viagem acompanhada de Bruna Marquezine. A relação de amizade com a namorada do jogador é vista pela família como fundamental para a união do casal.

Quem convive com Neymar comenta que a irmã é um dos principais focos de atenção do jogador, que já foi questionado pela mídia catalã nos tempos de Barcelona por suspensões por cartões amarelos que lhe permitiram estar presente no Brasil para o aniversário de Rafaella – a situação se repetiu em três anos seguidos. Na última festa, de 22 anos, o camisa 10 compareceu à celebração em São Paulo mesmo de muletas.

Na Copa do Mundo, Rafaella Santos é presença certa ao lado de Neymar. O plano é de ficar no mesmo hotel da seleção brasileira em Sochi até o dia 4 de julho, data em que o cronograma será modificado. Mesmo assim, para as aguardadas semifinal e final, a proximidade será mantida tanto em São Petersburgo (cidade da semifinal) como em Moscou (palco da decisão).

Seleção Brasileira