PUBLICIDADE
Topo

Esporte

CR7 faz de pênalti, provoca goleiro e dá mais uma vitória à líder Juventus

Cristiano Ronaldo comemora com Chiellini após marcar para a Juventus - Marco BERTORELLO / AFP
Cristiano Ronaldo comemora com Chiellini após marcar para a Juventus Imagem: Marco BERTORELLO / AFP

Do UOL, em São Paulo

15/12/2018 19h29

A Juventus chegou à sua 15ª vitória em 16 jogos no Campeonato Italiano neste sábado (15) ao bater o Torino por 1 a 0, em clássico disputado no Estádio Olímpico de Turim. Cristiano Ronaldo fez o gol decisivo, de pênalti, e provocou o goleiro Ichazo na comemoração, recebendo até cartão amarelo pela jogada. Ele deu uma peitada e gritou na cara do adversário, provocando uma pequena confusão.

Com a vitória, a Juve chegou a 46 pontos, isolada na liderança do Italiano com 11 pontos de vantagem sobre o Napoli, que ainda joga na rodada contra o Cagliari, neste domingo (16). Já o Torino, com 22 pontos, ficou na sexta colocação.

Confusão CR7 - REUTERS/Massimo Pinca - REUTERS/Massimo Pinca
"Trombada" de CR7 no goleiro Ichazo causou leve confusão
Imagem: REUTERS/Massimo Pinca

O primeiro tempo do clássico foi monótono, com poucas chances de lado a lado e ritmo lento. O Torino teve uma boa chance de abrir o placar em cabeçada de Belotti que foi bem defendida pelo goleiro Perin, enquanto a Juventus teve oportunidade com Cristiano Ronaldo, que parou em grande defesa do goleiro Sirigu.

Após cair de mau jeito, Sirigu recebeu dois atendimentos médicos até precisar ser substituído ainda no primeiro tempo, dando lugar a Ichazo no gol do Torino. Aos 23 minutos do segundo tempo, Mandzukic aproveitou um recuo errado da defesa adversária, ficou com a bola na área e foi derrubado por Ichazo. Cristiano foi para a cobrança e converteu, se estranhando com o goleiro rival.

A Juve ainda chegou a balançar as redes mais uma vez, mas o gol foi anulado por impedimento após a intervenção do árbitro de vídeo (VAR). Cristiano Ronaldo raspou de cabeça após cobrança de falta e Mandzukic completou para o gol, mas o português estava impedido no primeiro lance.

Com vantagem folgada na liderança, a Juve volta a campo no próximo sábado (22), contra a Roma. O Torino, por sua vez, visita o Sassuolo no mesmo dia.

Esporte