Topo

Esporte


Vinicius Jr. se destaca, Casemiro marca e Real vence 5ª seguida no Espanhol

Vinicius Jr. comemora após sofrer pênalti no dérbi de Madri - Gabriel Bouys/AFP
Vinicius Jr. comemora após sofrer pênalti no dérbi de Madri Imagem: Gabriel Bouys/AFP

Do UOL, em São Paulo

09/02/2019 15h09

O Real Madrid chegou à quinta vitória consecutiva no Campeonato Espanhol neste sábado (9). Com destaque de Vinicius Junior, a equipe de Santiago Solari venceu o dérbi contra o Atlético de Madrid por 3 a 1, realizado no Estádio Wanda Metropolitano, e assumiu a segunda posição no campeonato. Casemiro abriu o placar de voleio, e Sergio Ramos e Bale ampliaram. Griezmann descontou.

Vinicius Jr. foi protagonista da partida com velocidade e personalidade para ir para cima. Substituído por Bale na etapa final, o ex-flamenguista viu o Real ampliar e assumir a vice-liderança da La Liga, agora com 45 pontos. Já o Atlético estaciona nos 44 e cai para terceiro. O Barcelona tem 50 pontos e ainda joga na rodada.

O Real enfrenta o Ajax na próxima quarta-feira (13), pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Já o Atlético, que abre a participação nos duelos eliminatórios da Champions só no dia 20, tem semana livre antes de visitar o Rayo Vallecano no Espanhol, no sábado dia 16.

O melhor: Vinicius Jr.

O camisa 28 iniciou como titular no dérbi de Madri pela primeira vez. Mas isto não foi um problema para ele. Vinicius Junior buscou jogo a todo tempo e acabou como o mais participativo nas ações ofensivas do Real neste sábado. É verdade que perdeu a bola no lance que originou o gol de Griezmann, mas se destacou com pênalti sofrido e personalidade para ir para cima.

O pior: Arias sofre na marcação

O lateral direito não teve jornada feliz. Primeiro, sofreu com investidas de Vinicius Junior. Quando o brasileiro saiu da partida, quem explorou a região ocupada por Arias foi Bale. O galês, inclusive, fez o terceiro dos visitantes por ali.

No dérbi, Vinicius Jr. não sente pressão

Apesar de vacilar e perder a bola que originou o gol dos atleticanos em lance duvidoso, a atuação do ex-flamenguista merece destaque pelas inúmeras tentativas durante o jogo. Bastante acionado em contra-ataques, Vinicius deu, por exemplo, um lindo passe de três dedos para Vázquez, que não aproveitou, e arrancou levando perigo logo na sequência. No fim da primeira etapa, deixou Giménez para trás e só foi parado com carrinho dentro da área.

Casemiro abre o placar de voleio

Susana Vera/Reuters
Imagem: Susana Vera/Reuters

Depois de suportar a pressão inicial do rival, o Real passou a ficar com a bola e atacar a meta de Oblak. E não demorou muito para chegar ao gol. Kroos bateu escanteio, Sergio Ramos subiu mais alto e cabeceou. Sozinho, Casemiro aproveitou a sobra e emendou um voleio para inaugurar o marcador.

Vale ou não? VAR confirma empate de Griezmann

Vinicius Jr. vacilou no campo de ataque, caiu e reclamou de falta, mas a arbitragem mandou seguir. Correa, que havia roubado a bola do brasileiro, rapidamente acionou Griezmann. O francês recebeu e tocou por baixo das pernas de Courtois para empatar. O assistente, então, levantou a bandeira acusando impedimento. Acontece que o VAR (árbitro de vídeo) revisou o lance, viu que o atacante estava na mesma linha da zaga adversária e validou o tento, bastante comemorado pelos mandantes.

Vinicius Jr. sofre pênalti e Ramos converte

O jovem brasileiro era o mais acionado em contra-ataques e fazia o Real forçar o jogo pela esquerda pela velocidade e lances perigosos. Em um desses momentos, aos 39 minutos da primeira etapa, foi derrubado por Giménez na área. Sergio Ramos demonstrou tranquilidade e recolocou os visitantes em vantagem no clássico.

Primeiro tempo agitado tem brasileiros em destaque

Susana Vera/Reuters
Imagem: Susana Vera/Reuters

Casemiro e Vinicius Jr eram os únicos brasileiros em campo, e eles não decepcionaram. Em um primeiro tempo agitado, com três gols e bastante intensidade, tanto volante quanto atacante foram protagonistas. Casemiro abriu o placar de voleio e Vinicius foi muito acionado pelo lado esquerdo de ataque merengue. Pouco antes do intervalo, o camisa 28 sofreu o pênalti convertido por Sergio Ramos.

Real neutraliza Atlético e amplia com Bale

O Atlético voltou em cima do rival disposto a empatar, e por pouco não conseguiu. Morata até balançou as redes, mas o VAR anulou por impedimento. Daí, nervosa, a equipe de Simeone foi controlada pelo Real, que ampliou e terminou o jogo com um a mais. Bale, substituto de Vinicius Jr., recebeu passe de Modric e bateu forte, cruzado, sem chances para Oblak.

Se a situação ficou ruim, ela se tornou ainda mais dramática quando Thomas deu entrada forte em Kroos e acabou expulso.

Marcelo é barrado e fica no banco

Vivendo uma de suas piores fases com a camisa merengue, Marcelo foi barrado neste sábado e ficou no banco de reservas. No lugar do lateral brasileiro, Santiago Solari optou por escalar Sergio Reguilón.

Ficha técnica

Atlético de Madri 1 x 3 Real Madrid

Local: Estádio Wanda Metropolitano, em Madri (Espanha)
Data e horário: dia 9 de fevereiro de 2019, sábado, às 13h15 (de Brasília)
Árbitro: Javier Estrada Fernández
Cartões amarelos: Griezmann, José Giménez, Lucas Hernández, Thomas, Saúl e Morata (Atlético de Madri); Lucas Vázquez, Modric e Reguilón (Real Madrid)
Cartão vermelho: Thomas (Atlético de Madrid)

Gols: Casemiro, aos 14', Griezmann, aos 25', e Sergio Ramos, aos 41 do primeiro tempo; Bale, aos 29 minutos da etapa final.

Atlético de Madri: Oblak; Arias, José Giménez, Godín e Lucas Hernández; Thomas, Saúl, Ángel Correa (Rodri) e Lemar (Vitolo); Morata (Kalinic) e Griezmann. Técnico: Diego Simeone.

Real Madrid: Courtois; Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Sergio Reguilón; Casemiro, Kroos (Ceballos) e Modric; Lucas Vázquez, Vinicius Junior (Bale) e Benzema (Mariano Diaz). Técnico: Santiago Solari.

Mais Esporte