PUBLICIDADE
Topo

Espanhol - 2019

Campeonato Espanhol sela acordo e terá jogo disputado nos EUA

Os Estados Unidos poderão receber jogos com o Barça de Lionel Messi - REUTERS/Sergio Perez
Os Estados Unidos poderão receber jogos com o Barça de Lionel Messi Imagem: REUTERS/Sergio Perez

Do UOL, em São Paulo

16/08/2018 08h28

Pela primeira vez na história, o Campeonato Espanhol terá partidas oficiais disputadas fora da Espanha. A “La Liga” selou um acordo de 15 anos com a Relevent (empresa multinacional de mídia, esporte e entretenimento) e poderá ter jogos disputados nos Estados Unidos e no Canadá.

“O objetivo desse extraordinário acordo é que a cultura do futebol cresça nos Estados Unidos. Será um passo importante em sua popularidade”, disse o empresário da Relevent, Stephen Ross, ao “El País”.

A união entre a Liga espanhola e a Relevent se chamará Laliga América do Norte. A ideia é promover o futebol nos EUA assim como a NBA, NFL ou MLB (liga de beisebol) fazem ao realizarem jogos em outros países.

“Eu gosto de futebol, gosto de esportes. Este acordo ajudará a modalidade a crescer em um país onde todos ficamos desapontados por não poder jogar a Copa do Mundo. Espero que possamos jogar na próxima e ver que o futebol crescendo exponencialmente até 2026”, declarou Ross.

Presidente de “La Liga”, Javier Tebas é um dos mais motivados com a ideia de levar os jogos do Espanhol para fora do país.

“Se na NBA e na NFL eles jogam partidas fora de seus países, por que não fazer com a liga espanhola? É importante expandir a nossa marca. Está entre os nossos objetivos, a curto ou médio prazo, levar uma partida de La Liga todos os anos aos Estados Unidos”, disse.

A Relevent já experimenta algo parecido. A empresa é a responsável por organizar a Copa dos Campeões, o torneio de pré-temporada da elite dos clubes europeus.