PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Nunes evita polêmica sobre gramado do Maracanã após críticas ao Atlético-PR

Gramado do Maracanã precisou de reparos após jogos e shows - Divulgação
Gramado do Maracanã precisou de reparos após jogos e shows Imagem: Divulgação

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

27/11/2018 04h00

Provocado sobre o estado do gramado do Maracanã, alvo de críticas de jogadores e técnicos nesse Brasileirão, o técnico do Atlético-PR Tiago Nunes evitou entrar na polêmica. O Furacão visita o Fluminense nesta quarta-feira (28), às 21h45, pelo jogo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana. Na ida, a equipe rubro-negra venceu por 2 a 0.

“Gramado é uma confusão (risos). O pessoal vai dar porrada em mim porque vou falar do gramado do Maracanã. Procuro tentar focar no que a gente pode controlar. O gramado não é algo que a gente controla. O gramado não é o mais importante para que a gente possa entender que a gente vai ter uma final muito importante na quarta-feira”, disse Nunes, se esquivando.

A provocação foi feita após declarações do staff do Fluminense de que a equipe carioca se sentiu prejudicada pelo gramado sintético da Arena da Baixada no jogo de ida. Alvo de muita polêmica, o gramado da Arena chegou a ter a continuidade suspensa em um arbitral da CBF após pedido de Eurico Miranda, mas o Atlético convenceu os demais clubes da qualidade do piso, que tem aval da Fifa.

Tiago Nunes também falou sobre a decisão no Maracanã, palco de duas finais de Copa do Mundo. “É um estádio romântico, charmoso, histórico. Mas eu vou ter que visitar todos esses estádios que eu tô jogando depois. Eu entro muito concentrado, penso muito mais na equipe do Fluminense, que vai ser duríssima de enfrentar”, comentou.

Futebol